Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 14.abr.2017, Jeremias 18

Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Não poderei EU fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na Minha mão, ó casa de Israel.
[Isaías 64.8; 45.9; Mateus 20.15; Jeremias 18.4; Daniel 4.23]
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
[Jeremias 1.10; 12.14-17; 25.9-14; 45.4; Amós 9.8]
se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também EU ME arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
[Jeremias 26.3,13; Ezequiel 18.21; Juízes 2.18]

[628,570]

dezembro 18, 2008

Em dezembro é o Natal, e daí?

...


Nesta época presente, por melhor dizer, nestes dias natalinos, é interessante como aflora o amor, de homens e mulheres que durante o ano eram rancorosos, agora, por alguns dias são “amáveis”, “bonzinhos”, “uma extrema gentileza”...

No meio cristão, protestante, na poderia deixar de ser diferente, mas, diga-se de passagem, há poucos anos que se renderam ao “espírito do natal” cristão pagão...

Há algumas décadas, crentes não festejavam este natal que está rotulado pela igreja católica, mas que, alguns que hoje se intitulam, evangélicos, permeiam em afirmar que o importante é a lembrança do nascimento de Cristo, advertindo: “mas este nascimento não é dia 25 de dezembro”, mas, estão comemorando...

Mensagens natalinas há por todo lado, nas igrejas/denominações, comunidades virtuais, blogs evangélicos, por fim, realmente, este “espírito natalino de dezembro, criado pela igreja católica no intuito de desviar a verdade”, com certeza pegou no meio protestante, aliás, no meio evangélico.

Se há algum crente vigilante, este irá fazer a pergunta, mas, quando se fala do desvio da verdade, qual é esta verdade?

Como os nobres bereanos, reportemos às Sagradas Escrituras:

Necessário se faz outra pergunta: Em qual relato das divinas Palavras encontramos algum ordenamento do Senhor fazendo-nos referência indireta do dia de nascimento do Salvador?

Em verdade, nenhum! Devemos anunciar as boas novas de grande alegria, todos os dias (Lucas 2.10)!

Outrossim, são poucas as passagens bíblicas que fazem alusão ao nascimento do Salvador, em contrapartida, as passagens que nos relatam de Seu sofrimento, Sua angústia, Suas dores, são por nós encontradas com riquíssimos detalhes, assim como, os evangélicos, não sua grande maioria vem se esquecendo...

Mas uma ordenação, os crentes receberam de Seu Amado Mestre e Senhor, assim, como nos faz lembrar nosso amado irmão Paulo: “Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei” (1Coríntios 11.23), e qual seja este ensinamento, a celebração do mais importante momento da comunhão dos santos na igreja: a “Ceia do Senhor”!

Maior responsabilidade nos agracia o Senhor Jesus quando nos diz: “fazei isto em memória de mim” (1Coríntios 11.24,25), portanto, quando assim o fazemos estamos anunciando a morte do Senhor até que venha:

Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.” (Apocalipse 1.7)

Por fim, devemos em verdade à vontade do Senhor, anunciar a Sua morte e não um nascimento aos moldes pagãos!

Como a imagem dos três macacos, muitos evangélicos tapam os ouvidos para não ouvirem quando se fala da verdade, tapam os olhos para não verem os sinais dos tempos e tapam a boca para não falarem da verdade!
...

27 comentários:

Gerly disse...

Caro James, infelizmente hoje vou discordar de ti.

É certo que o Natal pra nós é todos os dias, gratidão a Deus por ter enviado seu Filho ao mundo para cumprir em nós o seu propósito de resgatar-nos de uma vez por todas.
Mas não vejo nada de pernicioso em se celebrar o Natal no dia 25. Poderia ser outra data, instituída por qualquer outra pessoa, e daí? Não vou criar caso com a igreja A ou B. Esse não é meu papel.
Eu vou à igreja no dia 25 com meu coração cheio de gratidão a Deus, e canto louvores ao seu nome e agradeço a Ele por Jesus, como faço todos os dias da minha vida.
Na contramão do natal comercial, cheio de papai noel, presentes e árvores de natal que não alegram nem iluminam a ninguém, de ceias e perus de natal que não alimentam a alma de ninguém, de “espíritos natalinos”, que não dão vida a nada que esteve morto o ano todo, nosso Deus é um Deus de festa e celebração, Luz que ilumina, Pão que sacia a fome, e Fonte de Vida Eterna. Ele sempre nos abençoou e esteve presente em nossos cultos de gratidão por Jesus Cristo, nos dias 25 de Dezembro, simplesmente por estarmos reunidos em Seu Nome, e isso já me é suficiente.
A mim não importa discutir quem inventou ou deixou de inventar, quem instituiu a data ou não, importa sim, que neste dia, na casa de Deus Seu Nome é louvado como em tantos outros, e sempre é tempo de louvar a Deus, qualquer dia, em qualquer hora, em qualquer lugar, e o melhor, neste dia, tocados pelo Espírito Santo e não pelo espírito natalino, muitas pessoas vão à igreja para ouvir a história do Salvador, e se convertem, e se rendem a Jesus, não pela emoção do momento, mas pela oportunidade que tiveram de ouvir. E não há lucro maior do que este!
Poderiam ter instituído neste dia uma festa sem pé nem cabeça, sem valor nenhum, mas se essa data é mais uma oportunidade de engrandecer o Nome do Nosso Deus (embora muitos prefiram o papai noel), está valendo! Não é o motivo, é a oportunidade.
E nenhuma oportunidade pra falar do amor de Deus pode ser desperdiçada.

Fica na Paz de Deus.

Abraço.

:o)

Célio R. disse...

Olha eu iria postar um comentario,mas acho que a irmã falou tudo que eu queria falar... fico com a resposta da Gerly.

Márcia Gomes disse...

Eu fico com o seu texto irmão, muito bem colocado, gostei muito do que vc escreveu, acho que voc~e definiu bem o que representa este "natal", e um dia a ficha caí e todos nós povo de Deus iremos comemorar apenas o que realmente Deus nos separou para fazer.

Abraços,
Márcia Gomes
http://territoriodosenhorjesus.blogspot.com

james disse...

Graça, paz e amor vos sejam multiplicados, amada irmã Gerly.

Entendo a posição da amada...

Entretanto, sendo tudo feito em nome do Senhor Jesus, porque usar a data de uma festividade pagã? (Sabemos que as festas natalinas têm suas origens pagãs, facilmente encontradas por diversos historiadores).

Desta maneira o Espírito Santo nos adverte com respeito aos costumes tradicionais da sociedade que nos rodeia: “Assim diz o Senhor: Não aprendais os caminhos das nações (pagãs)… Porque os costumes dos povos são vaidade…“ (Jeremias 10.2-3).

Deus disse-nos claramente na Bíblia, que não aceitará este tipo de culto ainda que seja com a intenção de honrá-Lo.

Disse-nos que isto é abominável e, portanto não O honra senão aos falsos deuses pagãos. Deus não quer que O honremos “como nos orienta a nossa própria consciência”. O Senhor Jesus Cristo disse claramente: “Deus é Espírito; e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” (João 4.24).

O que é verdade? O Senhor Jesus disse que sua Palavra, a Bíblia, é a verdade (João 17.17). A Bíblia diz que Deus não aceitará o culto de pessoas que, querendo honrar ao Senhor Jesus, adotem um costume pagão.

Novamente, o Senhor Jesus disse: “Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Mateus 15.9). A comemoração do Natal é um mandamento de homens e isto não agrada a Deus. O Senhor Jesus Cristo disse também: “E assim invalidastes, pela vossa tradição o mandamento de Deus” (Mateus 15.6).

Deus a abençoe por sua amável visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, irmão Célio.

Creio que a mensagem à irmã Gerly, também satisfaz às vossas indagações.

Deus o abençoe por sua rica visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

james disse...

Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados, irmã Márcia Gomes.

Louvado seja o nome do Senhor, amada irmã, em verdade muitos ainda se rendem ao Senhor, e tudo fazem unicamente a Jesus Cristo, pois realmente é digno de honra, de glória e de louvor.

Deus a abençoe e aos seus ricamente, e por sua nobre visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

Lucimauro Marques Ferreira. disse...

A paz do Senhor amado James.
Concordo plenamente com sua postagem e comentários,parabéns por sua reflexão.

james disse...

Graça a vós e paz da parte de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo, amado irmão Lucimauro.

Infelizmente a falta de entendimento da Palavra de Deus, leva o povo a confundir o espiritual, equivocando-se que, qualquer atitude que fala ser de Jesus, O está adorando...

Deus o abençoe por sua rica visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

Gerly disse...

Caro James, grata pelas suas considerações.
Mas, na contramão das discussões e opiniões, vou continuar celebrando e rendendo graças ao meu Deus por Seu Filho, meu Salvador, os 365 dias do ano, independente do que tenham ou não instituído nesses dias. Isso não tira minha participação no Reino, nem anula minha salvação, nem minha adoração a Deus. Deus fala, cura, salva pessoas nesses dias, Ele se faz presente e nos abençoa, por isso continuarei acreditando que nossos cultos de adoração genuína, independentes do paganismo, são aceitos por Deus.
Se o propósito aqui é criar polêmicas sobre o que quer que seja, eu entendi errado, então. Se a minha “ficha ainda não caiu” espero que caia um dia, se eu estiver há 30 anos vivendo erradamente debaixo da Graça de Deus. Peço desculpas pela minha pouca experiência e nenhuma vontade de me meter em discussões “teológicas” e historiográficas, pois creio que não foi para isso que fui chamada.

Um abraço fraternal em Cristo.

Fica na Paz de Deus.

james disse...

Graça, paz e amor vos sejam multiplicados, amada irmã Gerly.

São através das sadias discussões acerca do Reino de Deus, que resultam as sábias decisões...

Todos são chamados a adorar ao Senhor em espírito e em verdade, e quando falamos o que nos é apresentado pelas Sagradas Escrituras, estamos adorando ao Senhor.

Devemos sempre render graças a Deus, por tudo quanto o Senhor nos tem feito, durante os 365 dias do ano, 24 horas ao dia, e mesmo assim, somos servos inúteis, (Lucas 17.10 “Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer”).

Mas, quando me refiro que estão utilizando uma adoração pagã, isto não me remete a discussões teológicas e historiográficas, mas levam-me a sempre fazer o que nos diz o Espírito Santo...

E, tão somente, minhas atitudes são diretamente ligadas à Palavra de Deus, evito utilizar de qualquer teologia que seja, aliás, a história nos serve para que, tenhamos conhecimento do ocorrido no passado, e que nos traz a luz no presente das atitudes que a humanidade vinha desenvolvendo, para que possamos na medida do possível não concorrer com os mesmos erros...

Deus a abençoe ricamente, e por sua amável consideração neste humilde espaço.

Fraternalmente.
James.

Kátia Regina de Brito disse...

James,

Tudo que vc disse é muito importante!! principalmente para nós evangélicos. Meu pastor escreveu um livro chamado a verdade sobre o natal e lá ele fala um pouco do que vc falou e muito mais. Entra lá no site da igreja que tem um texto ou até o livro todo disponível.
abraços
Deus abençoe!!
www.fonteeterna.com.br

james disse...

Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, irmã Kátia Regina.

Com certeza, a Palavra de Deus nos fala, e muito, principalmente, quando estamos indo pelo caminho que não agrada a Deus, mas, basta darmos ouvidos ao que o Espírito Santo nos fala e saberemos o que é espiritual e o que não é.

Obrigado pelo endereço virtual de sua igreja, com tempo, poderei navegar mais vezes.

Deus a abençoe e aos seus ricamente, e por sua amável visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

Cíntia Mara disse...

Muito bom o seu texto! Sinceramente eu não curto muito o tal "espírito natalino". Acho pura hipocrisia, todo mundo passa a ser legal com você de um dia pro outro.

Acho que nós não devemos lembrar de Jesus só uma vez por ano. Tampouco devemos ajudar os nossos semelhantes apenas no Natal.

Temos que viver o verdadeira evangelho, que não está preso a datas específicas para fazer ou deixar de fazer alguma coisa. Pelo contrário! Devemos ter a vida de Cristo em nossas vidas todos os dias.

Fica na paz.

james disse...

Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados, irmã Cíntia Mara.

Com certeza neste período, chamado natalino, o que mais se encontra é hipocrisia e fingimento, e infelizmente, dentro das igrejas protestantes que, contra a vontade de Deus, ainda celebram esta festa pagã repleta de idolatria.

Deus a abençoe ricamente, e por sua amável visita ao nosso humilde espaço.

Fraternalmente.
James.

Roberto Soares disse...

Acredito que cada um dá o sentido que quer ao natal, e se esse sentido for bom, então o natal dessa pessoa será bom, independente da intenção dos criadores da data.

Como aparece nesse verso que você cita no cabeçalho do blog tudo é puro para os puros, mas para os impuros tudo é impuro, pois sua consciência é que está contaminada.

Do Senhor é tudo e ninguém é condenado por aquilo que dá graças.

www.robertosoares.com

james disse...

Roberto,

Em verdade, não me contaminei com pessoas que possuem esta postura de adorar a ídolos, principalmente os natalinos, porque o amor de Cristo me constrange...

Todos aqueles que conhecem a história de Jesus se dizem "cristãos", mas, quando se conhece o Jesus da história, jamais se fará
"Sugestões de presentes para o natal de 2008", jamais se fará apologia a sensualidade através de fotos com mulheres semi-nuas na "Favoritas do Flickr", vistos em seu site, com certeza um verdadeiro cristão convertido e não neófito, não se conforma com estas atitudes...

Por isso, sou um contaminado, pela Palavra de Deus, pelo Amor de Deus, pelo Sofrimento de Jesus Cristo...

Obrigado por sua participação.
James.

Roberto Soares disse...

É uma pena que você só tenha levado meu comentário como ofensa ao invés de analisá-lo a luz do verso que você mesmo usa e que creio que não conhece tão bem assim.

Minhas sugestões de presentes de natal são para quem já está decidido a dar os presentes, apenas dei sugestões que podem ser úteis aos presenteados.

Sobre as fotos, mais uma vez entra a questão dos olhos contaminados ou não.

Pare com suas autodefesas e medite no verso que usei como base, veja se nesse verso você acaba identificado como contaminado e veja se isso é um elogio, como está tentando fazer parecer.

Neófito é aquele que come comida sacrificada ao ídolo crendo que ela tem algum significado, sendo que o ídolo nada é no mundo.

"Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só." (I Coríntios 8 : 4)

Da mesma fora uma pessoa que não se alegra num dia só porque para alguns o dia é "pagão" é neófito também.

O sábio come e se alegra, sem perguntar origens e dando ação de graças.

"Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar nada, por causa da consciência." (I Coríntios 10 : 25)

Para o maduro toda a terra e sua plenitude é do Senhor, ainda que alguém queira consagrar algo ao mal.

"Porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude." (I Coríntios 10 : 26)

Para o sábio todos os dias são iguais, todos são do Senhor, ainda que alguns façam diferença entre dia e dia, entre "dia de Deus" e "dia do diabo" .

"Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente." (Romanos 14 : 5)

Mas se você for realmente de Cristo, um dia entenderá isso.

Um abraço.

Raphael Rap disse...

Na realidade evangélicos tapam os ouvidos para muitas coisas: ainda acreditam na necessidade de templos, ainda ouvem música ruim (também chamada de cristã), ainda se deixam levar por estelionatários. Mas graças Deus há ainda alguns poucos que não se deixam levar pelo espírito natalino, espírito esse que deve vir do mais profundo inferno, já que vem falando de paz e alegria mesmo que para os não cristãos...

Kennedy Lucas disse...

Deveria ser natal o ano todo.
O ano todo pensando em Jesus.
O ano todo comprando e recebendo presentes.
O ano todo tratando as pessoas com amor.
E panetone o ano todo! \o/

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, irmão Raphael Rap.

Em verdade, muitos são os que se intitulam cristãos, somente por ser, mas na realidade, jamais conheceram a Jesus Cristo como Salvador, por isso, se alegram com este pagão espírito natalino...

Deus o abençoe ricamente, e por sua rica visita a este humilde espaço.

Fraternalmente.
James.

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, irmão Kennedy Lucas.

Realmente, para o verdadeiro crente, todos os dias são de comemorar a Cristo Jesus em nossas vidas, amando-nos uns aos outros sempre, e se sobrar um panetonizinho, é muito bom!

Deus o abençoe ricamente e por sua agradável visita aos nosso humilde blog.

Fraternalmente
James.

james disse...

Roberto,

Pois é isto, seu site contém fotos de mulheres semi-nuas, luxúria, e você diz que é uma "questão dos olhos contaminados ou não", são os olhos ou quem gerencia o site?

Neófito é um convertido há pouco tempo, 1Timóteo 3.6...

Entretanto, é você quem gosta de se alegrar em uma festa pagã, indicando presentes e tudo mais...

Mas, através deste texto "Em dezembro é o Natal, e daí?", a carapuça lhe serviu, como você é novo ainda, busque mais entendimento da Palavra de Deus, e assim, poderá tomar o "capacete da salvação".

Finalmente, menino, um dia quem entenderá é você, a alegria de poder afirmar que sou e vivo somente para Jesus Cristo...

Mais uma vez, obrigado por sua participação.
James.

Miriã Soares disse...

O fato é que, se há a abominação a festa de Natal, proibindo sua celebração, então o 13º, que é uma gratificação de Natal, também deveria ser rejeitado por aqueles que condenam a referida festa, não?! Afinal, a "LEI Nº 4.090, de 13 de julho de 1962, foi instituída em honra ao Natal...
... estou comentando, não venha me ofender por ter uma idéia diferente, por gentileza. A discussão não eh sobre pessoas e sim, sobre um pensamento...

Roberto Soares disse...

As fotos são as que eu vejo no site flickr.com e classifico como favoritas, não são sempre as mesmas e nem sempre são fotos de mulheres, se entrar lá agora talvez veja fotos de paisagens, brinquedos, etc.

Não acho que nudez esteja sempre ligada a luxúria, por isso disse que o problema está nos seus olhos.

E sobre carapuça, ela não me serviu não, pois eu já passei por essa sua fase, já pensei como você, se não penso mais é porque realmente não vejo mais pela Palavra sentido em pensar dessa forma e acho coisa de gente que está na fé a pouco tempo e ainda tem a mente pagã.

Não vou insistir no assunto, pois creio que ainda não é o tempo oportuno para ti.

Vou procurar outros posts seus para comentar, creio que deve haver outros assuntos nos quais a gente se dará melhor

Um abraço.

Paz.

james disse...

Miriã Soares,

Falar a verdade não é ofender, ainda que alguns tomem como ofensa, apesar de agredirem a outrem, não aceitam as devidas posições a que se colocam...

Mas, em relação ao seu comentário, nosso texto, jamais quer propor a proibição da celebração da festa pagã natalina, festeja quem quer, somente, estamos relatando o que nos diz a Palavra de Deus e o que nos conta a história acerca desta festa...

Ou qual é outra comemoração que a Bíblia nos ensina além da "Ceia do Senhor" e do "Batismo"???

Apesar do 13º salário ter sido na forma da lei 4090, hoje, ele é um direito garantido pelo art. 7º da Constituição Federal de 1988.

Obrigado por sua participação.
Fraternalmente.
James.

james disse...

Roberto Soares,

Muitos jovens nos relatos bíblicos foram de extrema humildade e balaústres nas mãos de Deus, e, quando me deparo com palavras como as suas, me faz lembrar as sábias palavras de Jesus:

"Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos."

Mais uma vez, obrigado por sua participação.
James.

Elaine Cândida disse...

Até porque o Poderoso Jesus deve nascer todos os dias em nossos corações. E não ser relembrado como um bebezinho indefeso numa manjedoura uma vez por ano. Quem se prostra a isso, vive um dia de falsa bondade e falsa graça. Quem vive aquilo, vive sob a bondade de Deus e goza eternamente da Sua Plena Graça.

Shalom.