Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, outubro, 2018

Ezêchiel 18, Almeida 1850

Mas o impio convertendo-se de todos seus peccados que cometeo, e guardando todos meus estatutos, e fazendo juizo e justiça, certamente viverá, não morrerá.
Todas suas prevaricações que cometeo, não se lembrarão contra elle: por sua justiça, que obrou, viverá.
Porventura EU em alguma maneira quereria a morte do impio? diz o SENHOR JEOVAH: porventura não quero que se converta de seus caminhos, e viva?
Mas desviando-se o justo de sua justiça, e obrando iniquidade, fazendo conforme a todas abominações, que faz o impio; porventura viveria? todas suas justiças que obrou, não virão em memoria; por sua transgressão, com que transgressou, e por seu peccado com que peccou, em elles morrerá

[729,580]

maio 27, 2016


Ser contra os lugares apelidados de 'igrejas' e pronto!!

[460,400]

Não combato pessoas que buscam a DEUS, sei que muitas delas existem dentro das instituições religiosas (igreja instituição) e que possuem um coração sincero, porém, são contaminadas por dogmas, tradições e imposições de homens.

Portanto, quando dizem que devo combater o pecado do coração do homem, é neste sentido meu embate contra as instituições religiosas apelidadas de 'igrejas' ou o sistema religioso como um todo (inclusive, e em especial o cristianismo), afinal, estes sistemas são divididos em denominações (um reino dividido não subsiste, são palavras de CRISTO), por si só, já constituem o pecado, sem deixar de mencionar a mentira em dar nome à estes lugares de 'igrejas' (e não o são), servem apenas para alienar as pessoas com finalidade lucrativa.

Usam da adversidade bíblica, como por exemplo, Hebreus 10.25 no, não deixando a nossa congregação, no singular, por que o original afirma da 'tradição em se reunir' como Igreja, a nossa congregação, uma só Igreja, a de CRISTO, e eles dizem não deixar as suas congregações, denominações.

O mundo religioso, é mundano, seguem o padrão de mercado, competitivo, trocaram a visão bíblica pela empresarial.

Lembrando ainda dos ensinamentos das religiões, que via de regra, são contrários a sã doutrina das Sagradas Escrituras, bem como o misturar a Antiga Aliança de DEUS com Israel à Nova Aliança consumada por CRISTO na cruz do Calvário (isto é imensuravelmente relevante ao meu embate).

A crendice oferece vista ao que se vê, os religiosos não sobrevivem sem seus templos, ídolos, lideres, tradições humanas, vivem por vista e não por fé!!

Os filhos de DEUS, da graça, caminham no extreme oposto das crendices, como pelo que foi dito por Paulo em 2Coríntios 5, (Porque andamos por fé, e não por vista).  

Enfim, quem frequenta templos (chamados de igrejas), sabem que as pregações e ensinos estão errados, mas, não denunciam e nem saem...
O que são?? Cúmplices ou covardes??!!

Se acobertam os erros, são cúmplices!!
Se não denunciam, é por medo de serem perseguidos (e até expulsos), então são covardes!!

Fingem desconhecer Jeremias 51:

"Saí do meio dela, ó povo meu, e livrai cada um a sua alma do ardor da ira do SENHOR."

E pior ainda, desprezam Apocalipse 18:

"Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas."



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


.