Contexto SAGRADAS ESCRITURAS: 18.abr.2015,

"E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até à hora nona.
E perto da hora nona exclamou JESUS em alta voz, dizendo:
Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, DEUS meu, DEUS meu, por que ME desamparaste?
E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam:
Este chama por Elias,
E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, e embebeu-a em vinagre, e, pondo-a numa cana, dava-Lhe de beber.
Os outros, porém, diziam:
Deixa, vejamos se Elias vem livrá-Lo.
¶ E JESUS, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.
E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;
"
[ Mateus 27 ]



abril 16, 2015


Sistematização do evangelho pela teologia judaizante evangélica, o cristianismo.

[422,350]

Há uma constante discussão pelas lideranças eclesiásticas de que sem teologia não ocorre entendimento da Palavra de DEUS [contida na Bíblia], porém, isto nada mais é que a defesa dos interesses da exclusividade e da centralização do poder religioso nas mãos de 1/2dúzia de intelectuais da hierarquia monárquica da igreja instituição.

Muitos leigos da Palavra de DEUS, apesar de serem letrados, estão se deixando levar pelos ensinos da teologia judaizante evangélica...

E o que significa teologia judaizante evangélica??
Significa que as lideranças eclesiásticas estão usando de normas e preceitos do Antigo Testamento para sistematizar o evangelho de CRISTO para locupletar da fé alheia da membresia, chamando-a de 'cristianismo'.

Melhor dizendo, é em função do cristianismo que ouvimos lideranças religiosas dizendo da 'sistematização doutrinária do evangelho' usando estudos do Antigo Testamento, ou, criação e elaboração de doutrinas de homens reduzindo o evangelho de CRISTO a um mero sistema mesclando-o com "algumas" regras do Antigo Testamento, pois bem, é isso que a teologia faz, enganar pessoas por homens intelectualizados e mal intencionados, mesmo por que, conforme as lideranças religiosas nos deixam claro, é que a sistematização do evangelho pela teologia do Antigo Testamento leva há:
• sacerdotes centralizadores de poder ainda no tempo da graça
• construção de prédios religiosos em detrimento à ajuda aos pobres e necessitados
• dízimos para manutenção de ambos
• adestramento da membresia
• enfim, todo tipo de engano, argumentos capciosos no intuito de enganar, apenas!!

Conclui-se pelo exposto, os lideres religiosos são mágicos (e os que lhes são submissos pelo cabresto) em suas denominações religiosas apelidadas de 'igrejas' usando de ensinamento do judaísmo e mesclando-o ao evangelho, a religião pós ensinamento dos apóstolos, o cristianismo!!

Pronto! A fórmula foi composta, o cristianismo é judaizante, é como Pedro tentou fazer aos gentios para viverem como judeus e foi repreendido por Paulo [Gálatas 2], hoje, as denominações religiosas apelidadas de 'igrejas' fomentam-se por doutrinas de homens dissolutos [Mateus 15Marcos 7Colossenses 2miscigenando preceitos do judaísmo ao evangelho de CRISTO.

E esta verdade está nos alicerces da igreja instituição, mesmo por que, os desigrejados, temos conhecimento fidalgo das 'igrejas', e de que o cristianismo está corroborado com os ensinadores da teologia judaizante evangélica...

Não temos nada a esconder sobre o tal cristianismo ou sobre qualquer coisa relativa às igrejas, antes, o que apresentamos com base na Palavra de DEUS é justamente o contrário, expor os erros, enganos, fraudulência de seus pregadores, a usurpação da fé alheia, enfim, quem tem a esconder ou o que sempre presenciamos, e o que sempre defendem, são sujeitos compromissados com o próprio ventre, e tudo o que usam nada tem que se aproveitar ou edificar, antes, são pregadores incansáveis da teologia famigerada pela qual vivem as denominações, a teologia de argumentos capciosos que criam cabrestos aos menos esclarecidos ou ainda, meninos na fé, incautos e inconstantes seguidores de religiões e não de CRISTO.

Um exemplo de como sempre temos denunciado, da deturpação do evangelho pela teologia judaizante evangélica, podemos notar na referência ao 'cetro' (o qual é utilizado pela realeza como símbolo de poder), mas o comentário de um infeliz sujeito que se traja de 'pastor' diz que nos dias atuais o 'cetro' seria melhor entendido como AUTORIDADE, importante no contexto eclesiológico, o que é relativo às igrejas, mas digo, não a DEUS...

... pois é, como são pretensiosas as lideranças eclesiásticas, usam de tudo para viverem do AUTORITARISMO religioso, e nada do que dizem tem respaldo bíblico, e contra eles ainda está a Palavra de DEUS:

"¶ O Teu trono, ó DEUS, é eterno e perpétuo; o cetro do Teu Reino é um cetro de eqüidade" [Salmos 45]!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


abril 06, 2015


Evangélicos e seus bezerros de ouro

[421,450]


Meditando em Êxodo 32, encontramos o relato do "bezerro de ouro", esculpido por Israel no deserto, enquanto Moisés, no monte santo, recebia as tábuas do amor; quele povo ofertava suas jóias, para obterem um "deus" para que se possível, o pudessem tocar!

Mas, hoje, o que presenciamos nos que se dizem também ser povo de DEUS, é estarem edificando altares e colocando neles seus bezerros de ouro.

Mas, eis, uma verdade, pois, somos capazes de esculpir "bezerros de ouro" e, pior, somos capazes de ignorar ou eliminar (se pudermos) aqueles que nos advertem do nosso pecado, principalmente, um povo que torna para si, ídolos, como locais apelidados de igrejas, pastores, cantores, pregadores televisivos...

Estes "bezerros", como já dizia, A.W.Pink, em sua maioria, são ministros do evangelho ordenhados pela igreja instituição; milhares daqueles que ocupam os púlpitos das igrejas modernas não estão mais engajados em apresentar as verdades fundamentais da fé em CRISTO; eles deixaram de lado a verdade e se entregaram a fábulas, crendices.

Em vez de magnificarem a grande vileza do pecado e revelarem as suas eternas consequências, tais ministros minimizam o pecado, por declararem que este é apenas uma ignorância ou uma ausência do bem. Em vez de advertirem seus ouvintes a fugirem da ira vindoura, tais ministros tornam DEUS um mentiroso, por declararem que ELE é muito amável e misericordioso e que, por isso mesmo, não enviará qualquer de suas criaturas para o tormento eterno; em vez de declararem que, 'sem derramamento de sangue, não há remissão', tais ministros apenas apresentam CRISTO como o grande Exemplo e exortam seus ouvintes a seguirem os passos dELE.

Temos de afirmar a respeito desses ministros evangélicos, porquanto, “desconhecendo a justiça de DEUS e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram a que vem de DEUS” [Romamos 10].

A mensagem, destes ministros evangélicos, talvez pareça bastante plausível, e seu objetivo, digno de louvor; todavia, lemos a respeito deles, por que, “os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de CRISTO. E não é de admirar, porque o próprio satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus próprios ministros se transformem em ministros de justiça; e o fim deles será conforme as suas obras” [2Coríntios 11].


.
Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


abril 03, 2015


Não me dê feliz páscoa!!
Esta é uma data comemorativa católica!!!

[421,050]

.
Nossos irmãos do site “Chamada”, são bem enfáticos, a Bíblia proclama conter a Palavra do único DEUS verdadeiro. Somando-se as provas históricas, arqueológicas e científicas, há muitas provas nEla mesma. Não existem tais evidências para outros “escritos sagrados”, portanto, quando nos referimos a JESUS CRISTO, Páscoa, devemos nos reportar aos Sagrados escritos e não em ensinamentos de homens...

Os judeus, não os árabes, foram escravos no Egito por quatrocentos anos, daí trazidos na quarta geração para a terra de Canaã. Os árabes não entraram na “Palestina” até a invasão brutal no século VII, depois que os judeus já haviam se estabelecido ali por mais de 2000 anos. Isso é História irrefutável, provada pela Páscoa. A libertação de Israel aconteceu através do juízo de DEUS na forma das dez pragas sobre o Egito. Na última foi requerido o sacrifício de um cordeiro por aqueles que quisessem escapar daquela terra amaldiçoada. Esse evento deveria ser comemorado para sempre com a refeição da Páscoa, introduzida naquela noite histórica:“Este dia vos será por memorial... Quando vossos filhos vos perguntarem: Que rito é este? Respondereis: É o sacrifício da Páscoa ao Senhor... quando feriu os egípcios e livrou as nossas casas” [Êxodo 12].

Quem guarda a Páscoa? Não são os árabes! Só os judeus a guardam pelo mundo todo até o presente. Quando um evento testemunhado por muitas pessoas é comemorado imediatamente, de um modo especial e guardado para sempre, temos aí a prova de que aconteceu como foi instituído. A Páscoa comemorada anualmente prova a escravidão de Israel no Egito e a sua libertação, como a Bíblia declara, e também que os judeus são os herdeiros de Abraão, com direito de posse sobre aquela terra, com uma promessa que DEUS por Seu beneplácito os agraciou há 4000 anos.

Não-judeus não tem direito nem propósito em guardar a Páscoa judaica.

No entanto, tem se tornado popular que cristãos gentios celebram o seder judeu. É verdade que o cordeiro pascal simboliza CRISTO, o Cordeiro que Abraão [Gênesis 22] disse a Isaque que DEUS proveria – mas o mesmo acontece com cada oferta levítica. No entanto, os cristãos não as oferecem mais hoje em dia. Então, por que celebram a Páscoa? Ela comemora o livramento ancestral do Egito, do qual os gentios não têm parte.

Mas a “Última Ceia” não era a Páscoa, e CRISTO não deu a Ela um significado novo, dizendo que deveria ser celebrada continuamente até a Sua volta? Um significado novo?
Impossível! A refeição da Páscoa, o cordeiro, tem um significado histórico envolvendo uma aliança eterna [Gênesis 17; 1Crônicas 16] a respeito da Terra Prometida. Esse significado não pode ser mudado. Aos judeus (não aos gentios) é ordenado guardar a Páscoa para sempre [Êxodo 12]. O próprio CRISTO não poderia ter dado um “novo significado” para a Páscoa.

Além do mais, a Última Ceia não era a Páscoa. Ela ocorreu na noite “antes da Festa da Páscoa” [João 13] e sem um cordeiro. Na manhã seguinte os judeus ainda estavam se guardando purificados para que pudessem “comer a Páscoa” [João 18]. Aquela tarde, quando CRISTO estava sobre a cruz, era ainda a “parasceve pascal”[preparação da Páscoa] [João 19] – Os cordeiros ainda estavam sendo sacrificados para serem comidos na refeição da Páscoa naquela noite.

Mas JESUS disse: “Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes do meu sofrimento” [Lucas 22]?
Sim, mas “esta Páscoa” não é a mesma com o cordeiro assado guardada somente pelos judeus em memória da libertação do Egito. “Esta Páscoa” foi algo novo inaugurado por CRISTO a ser comemorado com pão e vinho (em memória do Seu corpo partido e de Seu sangue derramado) por todos que crêem nELE (judeus e gentios).

Por que, então, JESUS chamou essa nova instituição de Páscoa?
Porque como Israel foi libertado do Egito pela morte de um cordeiro, assim ela comemora a libertação, dos que crêem, do pecado, do mundo pecaminoso e do julgamento por vir, através do verdadeiro “Cordeiro de DEUS”: “Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do SENHOR, até que ELE venha” [1Coríntios 11].

Paulo disse: “Pois também CRISTO, nosso Cordeiro pascal, foi imolado” [1Coríntios 5].


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente; Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.


março 26, 2015


Aos desigrejados, pelo contexto da Palavra de DEUS, será impossível se tornarem um novo modelo denominacional.

[420,400]


Os desigrejados, por termos sido alcançados pelo ensino da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] na ação do ESPÍRITO SANTO [1João 2.27], nos desvinculamos dos lugares apelidados ou com nome de 'igreja' ou a chamada igreja instituição, porquanto, nossa união não se faz em “instituições religiosas” comumente apelidadas ou chamadas de “igrejas” (eis a razão do termo), por que não somos chamados para “estar em uma igreja”, mas, para “ser Igreja”.

Sendo assim, pelo contexto da Palavra de DEUS, testificamos que, não há intenção nenhuma dos desigrejados em formar grandes grupos de reuniões ou, jamais, denominações, não almejamos centenas de pessoas reunidas num mesmo lugar, antes, como alcançados pelo entendimento da conjuntura bíblica, almejamos que nossas reuniões sejam, em especial, em nossos lares, levando o entendimento de CRISTO às famílias;

E assim, que famílias venham vivenciar o amor do CRIADOR na pessoa de Seu FILHO Amado, e constituindo dia após dia, igrejas em suas casas, assim como persevera a sã doutrina, uma vez que, os servos de CRISTO são a geração eleita, o sacerdócio real (não necessitamos de sacerdotes religiosos, lideres espirituais, e muito menos das lideranças eclesiásticas), os servos de CRISTO são a nação santa, o povo adquirido, para que anunciem as virtudes daquELE que os chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz, de casa em casa [1Pedro 2]:

"Saudai aos irmãos que estão em Laodicéia e a Ninfa e à igreja que está em sua casa." [Colossenses 4]
"E à nossa amada Áfia, e a Arquipo, nosso camarada, e à igreja que está em tua casa:" [Filemom 1] 
"¶ As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no SENHOR Áqüila e Priscila, com a igreja que está em sua casa." [1Coríntios 16]
"Saudai também a igreja que está em sua casa. Saudai a Epêneto, meu amado, que é as primícias da Acáia em CRISTO." [Romanos 16]

Congregação

Os desigrejados de lugares apelidados ou com nome de 'igrejas', entendemos pelo testemunho da Palavra de DEUS, que não é necessário, e nunca será, a aglomeração de grandes grupos, não há necessidade que se vinculem os lugares à uma santidade que não existe, precisamos sim, e necessário é, viver em comunhão com irmãos, e nossa congregação é a nossa reunião, nossa união em torno de CRISTO, para O qual estamos reunidos em especial, em nossos lares.

Aliados a veracidade da Palavra de DEUS, vislumbramos que a necessidade de grandes aglomerações e/ou templos suntuosos não se fazem necessários, pois que, o que é digno de apreço, de estima, de consideração, está na presença de CRISTO em nossas reuniões que à ELE nos congregamos, ELE mesmo nos agracia asseverando que, a importância primordial da congregação é adorar em espírito e em verdade, independe do lugar, e, mesmo sendo a reunião de dois ou três em Seu nome, ali, afirma o SENHOR: "aí estou EU no meio" [Mateus 18]!!

Lembrando ainda que, os desigrejados, vivemos os dons de Efésios 4.11, mas não nos permitimos em hierarquia religiosa como as lideranças eclesiásticas, que usufruem indevidamente deste versículo (isolado) para se fazerem mais importantes que os demais membros das denominações religiosas;

E por esta maneira, os desigrejados, quando nos reunimos, cada um de nós (familiares e irmãos) "tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação", fazendo tudo para edificação [1Coríntios 14] e somos um em CRISTO, e não um tolo querendo se fazer à frente dos outros.

Teologia

Os desigrejados não se preocupam com o sistema teológico, do qual fazem mestres a si mesmos, homens intelectualizados pela religiosidade, donde fomentam a sistematização doutrinária do evangelho, usando estudos na criação e elaboração de regras religiosas reduzindo o evangelho a um mero sistema clerical, mesclando-o com algumas normas e preceitos do Antigo Testamento.

É isto que a teologia faz, enganar pessoas através de homens intelectualizados e mal intencionados, mesmo por que, a sistematização do evangelho pela teologia miscigenando-o com Antigo Testamento levar-se-á:
- sacerdotes exclusivos ordenhados entre si, neste tempo presente;
- dízimos para manutenção destes; e
- construção de prédios religiosos em detrimento a ajuda aos pobres e necessitados;
- adestramento da membresia;
- enfim, todo tipo de engano, argumentos capciosos no intuito de enganar, apenas!!
E, ainda, é de cunho do contexto da sã doutrina divina, que a teologia por seus estudos, coadunam (ligar, juntar em, conciliar, combinar) as tradições, usos e costumes forjando a igreja instituição e subdividindo-a em denominações e instituições religiosas (lugares apelidados de ‘igrejas’), como as batistas, as assembleianas, as pentecostais, as reformadas, blá, blá, blá... é a sistematização do evangelho pela teologia judaizante evangélica.

Razão do texto

Abrindo outro parenteses, estes texto, pelo contexto bíblico, é categoricamente contrário ao que expôs o sr. Lisnei Furbino de Brito, em sua afirmação e pretexto: a ideia de desigrejados, é apenas uma resposta aos abusos cometidos pelos líderes atuais, mas que com o tempo será um novo modelo denominacional.

Mesmo que, qualquer entidade religiosaseja qual for se iniciou com 1/2dúzia, também não é somente os exemplos dado pelo sr. Lisnei (abaixo) e o que devemos lembrar, ainda, são as igrejas evangélicas, oriundas da reforma protestante dos católicos, portanto, filhas bastardas da igreja católica, para isto, é apenas nos apegar à transparência e à congruência entre liturgias, dogmas, sofisma, hierarquização, dentre outros pormenores religiosos, deixam isto claro e cristalino.

Resumo do sr. Lisnei: 
"Os adventistas do sétimo dia, também começaram por ser um grupo contra o sistema denominacional, não aceitavam a igreja registrada, mas com o crescimento do grupo, o Ancião Tiago White acabou sendo obrigado a registrar a igreja e estabelecendo normas organizacionais. O movimento dos irmãos, do qual o mais destacado foi George Müller, o homem que ousou confiar em Deus, procurou romper com o sistema denominacional, sendo hoje conhecido com indenominacional. Se organizando em grupos autônomos, mas acabaram se tornando uma nova denominação... O próprio movimento pentecostal que deu origem As Assembleias de Deus, Cristã no Brasil e Evangelho Quadrangular, não tinha originalmente a intenção de formar uma nova denominação, mas revitalizar a igreja. O que se viu na verdade foi o surgimento de diversas denominações a partir destes grupos. O cristianismo não forma lobos solitários, é uma religião feita para ser compartilhada... Assim foi com os grupos citados, foi com os Testemunhas de Jeová (que também são contra a igreja organizada, pois esta só existirá no céu, composta pelos 144.000) Assim é com a Igreja Cristã cientifica (também considerada herética, mas que tem um raciocínio contra a organização e contabilidade de membros)"

Cristianismo

Aos desigrejados, ainda, é evidente que CRISTO JESUS veio ao mundo para salvar os pecadores [1Timóteo 1] e não para fundar o cristianismo!

Este cristianismo é a sistematização do evangelho, um sistema criado por homens, e o porta-luz da teologia.



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


março 20, 2015


A igreja instituição e as lideranças eclesiásticas incitam ao medo!!

[419,855]

É indispensável que façamos algumas considerações para generalizar a veracidade da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] e as confrontarmos com as crendices, dogmas, sofisma, fábulas e filosofias, e os vários argumentos capciosos no intuito de se enganar dos lugares apelidados de ‘igrejas’ denominações, igreja católica e evangélicas, instituições religiosas) e por estes argumentos fraudulentos [2Coríntios 11; 1Tessalonicenses 2], levam muitos a crer em represarias de DEUS e por conseguinte, sentirem medo por não estarem em uma igreja instituição e não fomentar a ajuda em doações, contribuições; e tudo isto através de intimidação, da forma mais predatória, mercenária e mesquinha.

Eis alguns dos credos que intimidam aos féis, meninos inconstantes:


- Precisamos ir há algum lugar ou templo para servir a DEUS??
Biblicamente, pelo contexto da Palavra, nunca, jamais [Atos 17].

- Nossa salvação está em frequentar lugares apelidados de ‘igrejas’??
Não, não e não, a salvação está somente no FILHO de DEUS [2Timóteo 2; Hebreus 9].

- Devemos adorar a DEUS na pessoa de Seu FILHO somente em templos ou lugares apelidados de ‘igrejas’??
De forma nenhuma, pois, “a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o PAI em espírito e em verdade; porque o PAI procura a tais que assim O adorem. DEUS é ESPÍRITO, e importa que os que O adoram O adorem em espírito e em verdade” [João 4].

- Por que se deve buscar templos ou lugares apelidados de ‘igrejas’??
Simplesmente para nada, uma vez que, são apenas lugares comuns em que até pessoas injustas, e muitas das vezes mal intencionadas se reúnem, apenas isto.

- Precisamos de homens (ou mulheres) pastores ou padres ou pessoas que diziam santas (como Maria) para nos interceder diante de DEUS??
Não, porque “há um só DEUS, e um só Mediador entre DEUS e os homens, JESUS CRISTO homem” [1Timóteo 2].


Enfim, nenhum líder espiritual ou liderança eclesiástica vos ensina uma das maiores verdades das Sagradas Escrituras sobre o servos de CRISTO:

Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a DEUS por JESUS CRISTO” [1Pedro 2].



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


março 04, 2015


Dízimo, liderança eclesiástica, instituição igreja, gospel... obras do deus deste século!!

[418,660]

Contexto bíblico 2Coríntios 4:

"Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de CRISTO, que é a imagem de DEUS."

Temos presenciado que muitos se dizem convertidos, entretanto, a luz do contexto da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] nos mostra o contrário;

Ao longo das décadas, muito se têm ensinado pelos que se dizem estudiosos da Bíblia, cada qual contando um conto religioso, e assim, como diz o ditado, aumentando um ponto a seu favor; notadamente é o que vivem os evangélicos, católicos, e afins; verdadeiros convencidos.

Pois bem, entende-se que aqueles que com a boca confessam ao SENHOR JESUS, e em seus corações creem que DEUS O ressuscitou dentre os mortos, serão salvos, e porquanto, crentes em CRISTO JESUS; necessitamos, portanto, nos aprimorar em nossas posturas diante a sociedade como um todo, e trazer o engrandecimento do Reino de DEUS sobre a face da terra, sendo sal e luz.

Muitos se fazem religiosos e por suas expressões querem demonstrar que acreditam em DEUS, fazem-se evangélicos, o que comumente querem mostrar que vivem o evangelho (notou, evangelho, evangélico, parecem ser a mesma coisa, mas não é);

A maioria dos evangélicos se mostra ao mundo através de um linguajar, com expressões e jargões religiosos, tirados do contexto bíblico, porém usados de forma descontextualizada, que em nada ajuda aos menos entendidos e não traz edificação alguma; muitos fazem uso deste linguajar para ser aceito e fazer parte de um grupo religioso que diz cristianismo;

Este malfadado cristianismo, foi criado com fins de iludir pessoas que não se preocupam em comprovar pelo contexto da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] a veracidade dos fatos divinos, aceitam qualquer ensinamento, se deixam levar por sofisma, dogmas, fábulas religiosas, tradições criadas por homens, uma religiosidade engajada no argumento capcioso com que se pretende enganar aos menos favorecidos pelo ESPÍRITO:
• As lideranças eclesiásticas se fazem mais importantes que o próprio DEUS e CRISTO [1Timóteo 2; Hebreus 8, 9 e 12; 1João 2]... 
• A cobertura espiritual é o manto da apostasia... 
• O congregar somente se faz se e somente se estiver dentro de algum lugar apelidado de 'igreja'...  
• A igreja instituição (e seus templos) tornou-se o lugar de uma suposta salvação [2Timóteo 2; Romanos 1; Hebreus 9]...  
• O gospel e suas músicas iletradas fingem em ser louvor... 
• Os dízimos (ofertas, donativos, contribuição voluntária, voto) se fizeram a moeda de barganha com DEUS (como se pudessem)... 
• As instituições religiosas (seja qual for) tornaram-se alegoricamente obra de DEUS [João 6:29], sendo a pior mentira do século!!


E tudo isto acontece porque a fé não é de todos [2Tessalonicenses 3].·.



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


... marcadores

11 de setembro (1) 12 de Outubro (1) 2010 (1) 2011 (1) 2012 (1) 2013 (1) 2014 (1) 25 de dezembro (2) Aberrações (1) Abnegação (1) Abraão (2) Abrão (1) aC (1) Acautelai-vos (1) Aflições (2) Afrontas (1) Agar (1) Ageu (1) Ajudadora (1) Alegoria (1) Alerta (1) Aliança (1) Alianças (6) Alma (1) Alodoxafobia (1) Altar (2) Ameaças (1) Amor (14) Amor de Cristo (2) Amós (2) Ana Paula Valadão (1) Angustiar-se (1) Aniversário (1) Antiga Aliança (2) Apofenia (1) Apóstolo (1) Apóstolos (4) Armadura (1) Arminianos (1) Arrebatamento (3) Arrependimento (1) Asneiras (1) Assalto (1) AT (4) Atos (1) Autoridade (2) Avivamento (1) Azeite (1) Bancos (1) Banir (1) Barganha (3) Batismo (3) BBB (1) Bebedeira (1) Benesses (1) Bezerro (1) Bezerros de Ouro (1) Bispas (1) Bispos (2) Boas-Novas (1) Bugigangas (1) Bullying (1) Bênçãos (4) Bíblia (33) Cabeça (1) Cabresto (3) Caio Fábio (1) Calvinistas (1) Caminho (1) Campanhas (2) Cancêr (1) Cantares (1) Carlos Henrique Abrão (1) Carnaval (1) Casas (1) Castiga (1) Católica (2) Católicos (10) Ceia (3) Celestial (2) Censura (1) Charlatões (1) Choramingões (1) Ciro (1) Ciência (1) Clero (1) Cobertura Espiritual (3) Comilança (1) Comunhão (4) Comércio (1) Concílio de Nicéia (1) Confiança (1) Congregar (2) Congregação (17) Congregações (4) Conhecimento (7) Contradições (1) Contribuições (1) Convencido (1) Convencidos (2) Convencimento (1) Conversão (1) Convertido (2) Convertidos (2) Coração (1) Cordeiro (1) CORDEIRO de DEUS (3) Corinthians (1) Corpo (2) Corpo de Cristo (3) Correntes (1) Costumes (1) Crendice (10) Crendices (46) Crente (8) Crentes (113) Cristianismo (4) Cristo (20) Cristão (1) Criticar (1) Cruz (1) Cuidado (1) Culto (2) Cultos (6) César (1) Céu (2) Céus (1) Código Civil (1) D'us (1) Daniel (1) dC (1) Deméritos (1) Denominações (9) Denúncias (1) Dependência (1) Deputado (1) Desafio (3) Desembargador (1) Desigrejado (10) Desigrejados (49) Deus (21) Dia (2) Dia das Mães (1) Diferenças (1) Dinheiro (3) Discussões (1) Discípulo (2) Divindade (1) dizimista (3) Dogma (7) dogmas (17) Dons (2) Dores (2) Doutores (1) Doutrina (3) Doutrina de Cristo (4) Doutrina dos homens (5) Doutrinas (1) Dízimos (48) EcoBíblia (1) Edir Macedo (2) Efésios 4.11 (1) Ekklesia (1) Ekklēsia (10) Eleição (1) Emmanuel (1) Endemoninhado (1) Engano (11) Engodo (2) Enriquecer (2) Ensinamento (1) Ensino (4) Ensino Religioso (3) Entendimento (12) Entrevista (1) Equívocos (1) Erro (1) Erros (1) Escrituras (1) Escândalos (3) Espelho (1) Esperança (1) Espíritas (2) Espírito (3) Espírito Santo (9) Essek William (1) Estevam (1) Estudos (1) Evangelho (8) Evangelistas (1) Evangélico (4) Evangélicos (159) Excluir (1) Exortação (1) Expiação (1) Ezequiel (1) Falar (1) Falsidade (2) Falsos (1) Farra (2) Fevor (1) FGV (1) Filosofia (2) Finanças (1) Fogo (1) Formalismo (1) Fraude (1) Frutos (1) Fundamentalismo (2) Futuro (1) (7) Galardão (1) Ganância (1) Gentios (5) Globo (1) Glória (2) Gospel (3) Graça (1) Gripe (1) Habacuque (1) Haiti (1) Hamas (1) Hebreus 13.17 (1) Hebreus 13.7 (1) Heresias (2) Hermenêutica (1) Hierarquia (1) Hipocrisia (2) História (1) Hoje (2) Homem (2) Homofobia (2) Homossexuais (1) Honra (1) Hora (1) Humildade (4) IBGE (1) Ide (2) Idolatria (1) Igreja (63) Igreja de Cristo (7) Igreja Denominacional (1) Igreja Física (3) Igreja Institucional (10) Igreja Instituição (59) Igreja local (3) Igreja no Lar (6) Igreja Regular (1) Igrejado (3) Igrejas (29) Igrejas Evangélicas (7) Igrejolas (5) Igrejotas (1) Imagens (1) Imprensa (1) Imunidade tributária (1) Ingrejado (1) Instituições Religiosas (18) Inteligência (1) Intolerância (1) Ira (1) Israel (1) Jejum (1) Jeremias (2) Jesus (15) Jesus Cristo (4) Joel (2) Jonas (1) João (1) João Calvino (1) Judas (1) Judeus (1) Julgar (4) Justiça (2) (1) Lamentações (1) Lar (2) Lares (3) Legalismo (3) Lei (3) Leitura (1) Letras (1) Levita (1) Liberdade (3) Libertinagem (1) Lideranças Eclesiásticas (4) Lideres Religiosos (2) Liturgia (4) Livre-arbítrio (1) Lobos (1) Louvor (2) Lucas (1) Lucro (1) Lugar Apelidado de igreja (3) Lutas (1) Luteranos (1) Luto (1) Líder (1) Malafaia (1) Malaquias (1) Maldizentes (1) Mamom (2) Manipulação (2) Manuela (1) Manutenção (1) Maranata (1) Marcha para Jesus (1) Marcos (2) Mateus (1) Mateus 23.23 (1) Maçonaria (1) Mediador (1) Medo (2) Membros (1) Meninos na Fé (2) Mensagem (1) Mentira (8) Mentiras (20) Mercenários (1) Mestres (1) Migalhas (1) Milagres (1) Ministros (1) Ministérios (1) Miquéias (1) Missa (1) Missionários (2) Missões (1) Miséria (1) Morte (2) Mulher (7) Multidão (1) Murmurar (1) Murmuração (1) Máfia (1) Mãe (2) Mães (1) Música (3) Nascimento (2) Natal (10) Naum (1) Necessidades (1) Neemias (1) Nick (1) Niterói (1) Nomenclaturas (1) Nomes de Igrejas (1) Nomes e Placas (1) Normas (1) Nova Aliança (1) Novelas (1) Novo (1) Noé (1) NT (4) Obadias (1) Obediência (1) Obra (1) obras (3) obreiros (2) Ofertas (8) Oportunistas (1) Oração (6) Ordem Mundial (1) Oséias (1) Ouvidos (1) Ovelhas (2) Ovário (1) Paciência (1) Padecer (1) Pai (3) Palavra (2) Palavra de Deus (2) Papai Noel (1) Pareidolia (1) Partir (1) Pastor (1) Pastoras (1) Pastores (25) Patricarca (1) Patéticos (1) Paulo (3) Pecado (1) Pecúlio (1) Pedofilia (1) Pentecostais (2) Perseguição (1) Perseverar (1) Pescadores de homens (1) PhD (1) PL122 (2) Placas (1) PLC 122 (1) Plágio (1) Pobres (1) Política (2) Porta (1) Preceitos (1) Predestinação (1) Pregar (2) Pregos (1) Presbiterianos (1) Presentes (1) Prisão (1) Prodígios (1) Profano (1) Profetas (2) Progamas (1) Promessa (2) Promessas (2) Prosperidade (6) Protestantes (1) Provas (1) Providência (1) Prédios (1) Prêmio (2) Próximo (1) Psicanálise (1) Pureza (1) Páscoa (1) Páscoa Católica (1) Pão da Vergonha (1) Pão do Céu (1) Púlpitos (2) R.R. Soares (1) Rebelião (1) Record (1) Reembolso (1) Reforma (2) Reformados (1) Regras (1) Reino de Deus (3) Religiosidade (3) Religiosos (4) Religião (4) Religiões (5) Renascer (3) Repouso (1) Repressão (1) Reuniões (2) Reuniõres (1) Rhadassa (1) Riquezas (1) Rituais (2) Ritual (1) Roubo (2) Sabedoria (4) Sacerdócio (1) Sacrifício (1) Salomão (1) Salvação (10) Salário (2) Sammy (2) SAMU (1) santidade (6) Santificação (3) Santos (3) Sara (1) Sarai (1) Saudações (1) Saúde (1) Secular (1) Selo (1) Selos (1) Senhor (4) Servidão (1) Servir (4) Servos (1) Silas (2) Silas Malafaia (2) Sinais (2) Sinal (1) Sistema Religioso (6) Socorro (1) Sofisma (35) Sofismo (1) Sofonias (1) Sofrimento (1) Solicitude (1) Sumo Sacerdote (2) Sônia (1) Templo (7) Templos (16) Teologia (7) Teologia da Prosperidade (1) Testemunho (2) Tolerância (1) Tradições (1) Trombeta (1) Trono (1) Trouxa (2) TV (1) Títulos (3) Títulos Eclesiásticos (2) Unidade (1) União (2) Unção (2) Usos (1) Valdemiro (1) Valdemiro Santiago (1) Verdade (28) Verdades (1) Vergonha (1) Vida (3) Vida Eterna (3) Vigilância (1) Vinda de Cristo (3) Vinda do Senhor (1) Visão (1) Vitória (1) Vitória em Cristo (1) Vitória Financeira (1) Vocabulário (1) Vocação (1) Volta (2) Voto (1) Vício (1) Yeshua (1) Zacarias (1) Água (1)