Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.jun.2017, Hebreus 4

Visto que temos um grande Sumo Sacerdote, JESUS, FILHO de DEUS, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
[Hebreus 6.20; 1.2-3; 8.1; 9.24; 10.12]
Porque não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
[2Coríntios 5.21; João 8.46; Hebreus 7.26; 2.17-18]
Cheguemos pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
[Efésios 3.12; Filipenses 4.6-7; Êxodo 25.17-22; Levítico 16.2; 1Crônicas 28.11]

[659,985]

novembro 30, 2009

Quem vos ordenou construir templos??!!

.
"Deus não habita em templos feitos pelas mãos de homens, nem tão pouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa" [Atos 17]!

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? [1Coríntios 6]

Em uma artimanha maligna, forjaram construções de templos, através de Constantino (285-337 dC); foi ele quem iniciou a construção dos edifícios eclesiásticos; denominando-os casas religiosas, onde muitos se preocupam em estar reunidos, onde alegam ser apenas nestes locais que se estaria em comunhão, um engano doutrinário... Muitos evangélicos demonstram conhecimento secular de que suas igrejas não são os templos de tijolos, mas, jamais deixam de lado sua identificação com a denominação ou instituição religiosa, demonstrando assim, este conceito, porém negam a sutileza da divisão.

Aliás, como estar em comunhão em uma igreja evangélica instituição, que possui, como muitas, milhares membros??
Todos se conhecem fraternalmente??
Todos compartilham suas prosperidades repartindo com todos, segundo cada um tenha necessidades??
Todos compartilham no partir do pão??

O Senhor Jesus não nos ordenou a ficar reunidos dia após dia em um templo, mas, a Grande Comissão de nosso Senhor e Mestre foi: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações... Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado”, e, muitos tem desprezado o “ser-me-eis testemunhas, ... até aos confins da terra”.

Os evangélicos estão hibernando dentro de suas igrejas templos de tijolos, enquanto uma multidão sedenta perece ao redor de seus suntuosos templos, luxuosos, muitos se portam como “santos” somente quando estão dentro destas casas religiosas;

No típico templo de tijolos, a igreja evangélica, há o salão onde a congregação fica acondicionada em bancos, para escutar o pastor, o líder eclesiástico, que fala de seu púlpito, sempre mais elevado que os assentos (trazendo a idéia da divisão entre o “senhor” da igreja e seus subalternos), o único ponto de atenção, a referência central, que alimenta a igreja com seus discursos inflamados que nunca são confrontados com a Bíblia pelos ouvintes.

Não existe ensinamento bíblico para a construção destes templos e a liturgia evangélica através do Novo Testamento, os cristãos usaram o templo de Jerusalém, mas, este templo judaico não fora feito para reunião de igreja, mas destinado o ritual judaico e seus sacrifícios, e era costume dos judeus se reunirem naquele local, porém, esta reunião era no átrio exterior [Atos 5], um local público, frequentado até por incrédulos.

Aproveitado pelos escribas, o Pórtico de Salomão, era local de suas escolas e de seus debates [Marcos 11.27; Lucas 19.47 e João 10.23,24], onde também, comerciantes e cambistas instalaram suas mesas.

Jesus tão somente nos agracia com Sua divina presença, independente do local, porque, afirma, “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles” [Mateus 18]; mas, jamais se ouve falar da construção e uso de templos, pela igreja, e muito menos quando vai para o mundo de Jerusalém.

A história da igreja primitiva

Conforme relatos bíblicos, a igreja se reunia nas casas em pequenos grupos, e assim, desenvolvia uma verdadeira comunhão, um cuidado específico com cada irmão, em sua vida e no serviço do discipulado; uma postura simples e prática de como ser Igreja, não havia interesse em construir templos, se praticava e vivia um testemunho tal qual os ensinamentos de Cristo; ninguém é perfeito, embora as igrejas forjadas por homens, não tragam um bom testemunho para o qual o Senhor Jesus requer de todos aqueles que professam Seu nome [Atos 1.8].

As igrejas no lar são necessárias, porque encarnam o ensino radical de que todos têm dons e todos são ministros [1Pedro 2.9]; oferecem esperança de curar os cristãos de algumas de suas piores heresias: que alguns são mais valiosos que outros, que somente alguns são ministros; estas heresias não podem ser sanadas na teoria; devem ser sanadas, na prática, na forma social de vivermos como Igreja, a reunião de todos aqueles que amam e professam o nome do Cordeiro sobre a face da terra; independente de rótulos, de denominações, de doutrinas, de dogmas...

.
_________________

14 comentários:

Natalino disse...

Aqui em Curitiba aos domingos quem chega atrasados não encontram lugar para assentar.

Alugar salão as despesas fica mais caro do que ter seu próprio templo e além de quem contribuem quer ver seu dinheiro empatado onde congrega.

No começo da vila congregávamos nas casas dos irmãos, mas depois cresceu a quantidades de membros foi necessário comprar um terreno.

Existe uma diferença muito grande dos tempos dos apóstolos para os dias de hoje, cresceu a população, casas são construídas uma em cima das outras, os lotes hoje são em média 8 metros de frente e 20 de comprimentos. Acho muito mais confortável congregar em um salão alugado ou em um Templo próprio do que nas casas dos irmãos.

Abraços,
Deus abençoe!

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas, amado em Cristo.


Irmão Natalino,


Há certa perplexidade em vossa mensagem.

Primeiro, aos que contribuem é interessante sua exigência, pois, tão somente, nos parece que, se não for para utilização em benfeitoria ao prédio religioso, não haverá contribuições; nota-se que os irmãos direcionam tais contribuições!!

Além da graça de sofrer, há ainda outra graça indesejável – aliás, bem poucos a vêm como graça, como privilégio, como favor imerecido. Trata-se da graça de contribuir.

Percebe-se a contribuição como graça, mais do que qualquer outra ocasião, quando Paulo faz conhecer a igreja de Corinto a atitude generosa e pródiga de amor que permeara o gesto da igreja da Macedônia, quando se solidarizou com a comunidade cristã da Judéia – que passava um gravíssimo período de pobreza e fome – enviando-lhe ainda que sem condições ideais para tal oferta de amor.

Os irmãos da Macedônia não se sentiam dignos de contribuir, de participar da obra de Deus. Por isso, pediam que essa possibilidade lhes fosse criada, ainda que numa expressão de graça, de favor imerecido.

Outrossim, não entendo que há alguma diferença entre os tempos, há uma quantidade maior de irmãos, porém, há também uma quantidade maior de lares, inevitavelmente, mais lugares de cultos...

... entendo que não seja a conformidade do conforto, mas, as igrejas nas casas usam da prerrogativa da praticidade de que cada irmão possa fazer uso de seus dons ministeriais, não ficando somente direcionado a um único dirigente no templo, como já temos notado nas igrejas instituições, a criação da hierarquia religiosa. A escadinha do grão mestre religioso.


Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente, e por sua nobre visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

Pregador do Evangelho de Jesus disse...

A paz do Senhor Jesus irmão James !

Realmente a criação de figuras ungidos especiais na igreja impede muitas vezes que todos os irmãos possam contribuir segundo o dom que Deus lhes deu, sabemos que nem todos tem o mesmo dom mas todos tem algum dom indispensável, pensando assim podemos ver nisso escondido uma estratégia de Satanás para deixar o povo acomodado e preguiçoso, tirando das costas deles a responsabilidade pela sua vida e pelo cuidado com a vida do irmão, afinal de contas se um é forte só é forte para ajudar o fraco e não tem de que se gloriar na sua força mas sim em Deus.

É como se pagassemos (dizimos e ofertas) a um sacerdote para nós, para orar para a gente, para ler a bíblia para a gente, para cuidar da igreja para a gente e enquanto isso cada vez mais o povo vai se acomodando e tendo cada vez menos relacionamento profundo com Deus, menos comunhão uns com os outros, menos sabedoria e vemos nisso o reflexo na evangelização, pois cada um de nós deveria ser um potencial evangelista do reino de Deus, as marchas ai que se dizem para Jesus reunem milhões de pessoas, imagina só se fossem milhões de pregadores ! Mas na verdade são milhões de acomodados, que honram a Deus com os lábios mas o coração está longe dele...

Sei que o Senhor vai tirar gente do engano, e por isso precisamos falar a verdade, o dinheiro é primeiro para os irmãos necessitados, mas infelizmente sempre falam de pagar luz e água e isso e aquilo, o mais dificil é ouvir falar dos irmãos que estão passando fome e precisando de ajuda as vezes até para pagar uma conta de água e luz em casa, vai pedir uma ajuda em alguma igreja e você vai ver se Deus está ali ou não, enquanto os templos vão ficando cada vez mais adornados o povo passando fome e estes avarentos se gloriando que ficaram prosperados.

Esse sacerdócio profissional precisa acabar! É lícito que quem prega viva sustentado pela igreja, uma vida simples, também é lícito construir um local para reunião, mas os templos de hoje em dia são verdadeiros ídolos, motivos de vanglória, não ficará pedra sobre pedra, para que tanta ostentação!?

Muitos não conseguem mais imaginar a simplicidade de um culto feito num lar contando com 2 ou 3 servos de Cristo, foram ensinados que para ser um culto tem que ter milhares de pessoas, luzes, um templo enorme, um pregador eloquente e famoso, só não foram ensinados que o Senhor Jesus tem que estar presente! As vezes já fizemos cultos até no meu carro ... Deus não se prende as tradições dos homens e nem as suas exigências de conforto ... na China os irmãos se reunem no subterrâneo !

No demais, se queremos seguir ao Senhor já sabemos, vamos tomar a cruz e segui-lo ! Jesus Cristo é bom, maravilhoso, nosso amor não pode esfriar, tem que estar cada dia mais forte, fervoroso, Deus seja louvado por isso sejamos agradecidos a Deus por sua misericórdia e favor em nossas vidas !

Anderson
Blog Fimdosdiasnaterra

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas, amado em Cristo.


Irmão Anderson,


Em verdade, o grande problema da construção de templos, tornar-se-á a insustentável maneira pela qual os homens não conseguem permanecerem na postura de servos, conforme tais locais crescem, crescem também a necessidade do homem de se achar superior, importante, muitos se acham “deuses”...

... o tentador lança suas setas inflamadas, pois, a invulnerabilidade humana é notória!!

Por isso que, não há relatos de templos sendo construídos pelos irmãos da igreja primitiva, não há a necessidade de um grande número de irmãos, há sim, a necessidade imperativa de se adorar a Deus em espírito e em verdade, como o amado irmão já afirmou, estando apenas dois ou três, na rua, em casa, no carro, no trabalho, na escola...

Infelizmente, muitos estão enganados, mas, este engano é por que eles realmente o querem, por negligência, preguiça e por ingratidão ao Senhor.

Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente, e por sua rica visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

Pregador do Evangelho de Jesus disse...

É verdade irmão James, como disse Jeremias:

Jeremias 5
30 Coisa espantosa e horrenda se anda fazenda na terra.
31 Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja; mas que fareis ao fim disto?

Anderson
Blog Fimdosdiasnaterra

Tomai e Comei: Aqui nasce um novo reino. disse...

Caro James,

Como meu nome diz, sou vigilante (Gregory). Então fico atento e avalio todos os que me convidam a segui-los, pois qualquer um deles pode ser o próprio Cristo. Desta forma, preparo-me dia após dia para não ser estúpido o bastante e não reconhecê-lo quando ele voltar. Ele mesmo nos alertou: "Quando o filho do homem voltar, será que vai encontrar fé sobre a terra?" Penso como você, dificilmente vai se manifestar em algum templo suntuoso. Com certeza não vai pedir dízimo. Fazer milagres? Nem pensar. Como reconhecê-lo então?
Ainda bem que temos nas suas próprias palavras sinais claros e inconfundíveis de quem é ele. Quando ele diz:
“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações... Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado” temos de lembrar também as palavras dele sobre as condições para ser seu discípulo:
"Qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que possui, não pode ser meu discípulo." Alguns interpretam esta passagem como a necessidade de ser pobre. No entanto, não se trata disso. O mestre quer dizer, se respeitarmos esta condição, então estamos maduros para fazer da terra o Reino de Deus, onde a hierarquia, não só na igreja, o dinheiro e a propriedade particular são coisas absolutamente prejudiciais na construção de uma sociedade justa.
De minha parte, vou ficar vigiando e fazer tudo o que ele pediu. Quando você ouvir alguém por este mundo afora, um pastor, um padre, uma mulher, um homem, qualquer pessoa usando Lc 14,33 , avisem-me. Foi assim que nasceu o cristianismo. Quando Judas resolveu abandonar esta família, ele a vendeu por 30 moedas de prata e comprou um campo para garantir a sua segurança. Aqui fica claro no que consiste a traição de Judas e quem é o verdadeiro Judas. E fica claro também porque para fazer parte da sociedade dos primeiros cristãos era necessário abdicar das posses. E principalmente, fica claro porque a humanidade está com a corda no pescoço.

A paz esteja contido.

james disse...

.

Irmão Anderson,



Por certo, a simplicidade do evangelho é corrompida por homens fraudulentos que fazem incautos e preguiçosos espirituais como presas.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor

...
..
.

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas, amado em Cristo.


Irmão Gregory,


Existe um povo que, denominando-se “evangélicos”, em sua essência, nada possuem do evangelho de Jesus Cristo, pois que, em nada transmitem e vivem o ensinamento do Mestre Redentor...

Tão pouco, em suas reuniões solenes, buscam transmitir a necessidade de se perseverar na esperança da gloriosa vinda de nosso Salvador, muitos despercebidos buscam riquezas para o amanhã.

Por vezes, nossa fala são como perturbação aos ouvidos aguçados por ouvir palavras de grandeza e de auto exaltação. Deus nos enriqueça de Sua plenitude colocando em nossas bocas Sua maravilhosa Palavra.

Sejamos pois, sóbrios e vigilantes, para que, quando da vinda de nosso Senhor, nos ache conforme nos tem ordenado.

Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente, e por sua nobre visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

João Ferreira disse...

Querido amigo,

Vim até aqui para te agradecer pelo comentário deixado em minha página, e por estar me seguindo.
Li algumas coisas em teu blog e achei muito interessante, e, pretendo voltar aqui outras vezes.

abraço,

João, seu servo

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas, amado em Cristo.


Irmão João Ferreira,



Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente, por sua nobre visita ao nosso humilde blog, e que os desígnios do Senhor nos mostrem como sermos verdadeiros adoradores, edificando-nos uns aos outros...


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

Diego Batista disse...

Que texto precioso, li com muito carinho, pois é uma verdade que muitos não conseguem enchergar, oro qpara que nesses ultimos dias O Pai, O Filho Amando e o Espirito Santo possa revelar aos irmão seus propositos e que a igreja(noiva) possa se render a seu grande amor.. Ja estou seguindo seus Blog.. Parabens..

Diego Batista
http://conversandocomiave.blogspot.com/

Georges disse...

Falou tudo, James, nada mais a declarar! A não ser que vou usar este texto como referência. Muito bom!

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas,


Irmão Diego Batista,


Realmente, é bem verdade, existe um contingente religioso que não conhece os propósitos de Deus, que a obra do Senhor requer que todos sejamos unidos em amor, e não frequentando templos...

Deus o abençoe e aos seus ricamente, e por sua nobre visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas,


Irmão Georges,


É esta a mais pura realidade, milhares de milhares, frequentadores de igrejas evangélicas, os ditos, "evangélicos", igrejeiros de carteirinha de membros, por certo ainda não tiveram um real encontro com o Senhor Jesus, ainda não conhecem a Jesus Cristo, por isso, idolatram seus templos...

Deus o abençoe e aos seus ricamente, e por sua rica visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.