novembro 17, 2009

Perseverar, santidade, humildade

.
Somente se deve portar dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.

E em nada nos espantar dos que resistem, o que para eles, na verdade, é indício de perdição, mas para nós de salvação, e isto de Deus.

Porque foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nEle, como também padecer por Ele, tendo o mesmo combate que já em Paulo temos visto.

Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, para que se sinta o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.

Nada fazer por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo; não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.

De sorte que haja em todos o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a Si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

E, achado na forma de Homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz; por isso, também Deus O exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai” [Filipenses 2].

.
_______________________

2 comentários:

Alliadoo disse...

"não atente cada um para o que é propriamente seu": essa é uma das maiores batalhas entre carne e espírito. Que o Senhor fortaleça-nos para a peleja!

No amor de Cristo,

irmão André
Teu Alliadoo

james disse...

.

Misericórdia, e paz, vos sejam multiplicadas, amado em Cristo,


irmão André,



Sem dúvida, é importante que atentemos para o nosso próximo, pois, o que Jesus nos agracia não é para que o guardemos, mas, para que, o ofereçamos a outrem, para que todos recebam o mesmo Amor que Cristo nos ama.

Muitos, tem recebido a graça de Deus, mas, como o servo da parábola dos talentos, não buscam que seja multiplicada.

Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente, e por sua nobre visita ao nosso humilde blog.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


Fraternalmente,


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.