setembro 23, 2010

Pescadores de homens, será??!!

.
Alguns, debilitados do poder da ação do Espírito Santo, quando confrontados com a verdade acerca da Palavra de Deus, em vários aspectos de nossa vida cotidiana, utilizam-se da prerrogativa de agredir a outrem ou tentar desviar a atenção da exortação e exposição da vontade divina, mandam que se deve pescar almas e não trazer um alerta ao povo sobre os que desviam almas da Verdade;

Entretanto, esta prerrogativa não é verdadeira em suas vidas, pois, Jesus quando chamou homens para Seu discipulado, e afirmou que seriam “pescadores de homens”, com esta alusão, ensinou-lhes que seriam divulgadores de Sua doutrina, que ensinariam aos homens o Caminho da Verdade que liberta, ensinando-os a buscar santidade...

Mas, muitos destes insitadores ao lançamento de redes, nada mais fazem que, quando pescam homens, ensinam um caminho tortuoso de religiosidade, ensinam que seus pescados devem barganhar com Deus através de ofertas e mentiras usando a Palavra de Deus, enfim, dizem fazer uma pesca de homens, porém, seus objetivos não é levá-los ao Criador, mas, como uma legião de financiadores, disfarçam seus objetivos com a proposta de amor, um amor fingido, aquiescente na barganha!

O pescador de homens, não faz alarido para chamar a atenção para si, como se ele fosse importante... pois, é do Criador e de Seu Filho Amado que o pescador de homens tem que falar, e não da denominação, da religião, de costumes ou de prosperidade!

Assim, é importante lembrar aos que se dizem ser, que o tema central de um pescador de homens, é a obra redentora de Cristo, de Seu sofrimento na cruz do Calvário para nos trazer salvação! Não a obra que o pescador de homens faz!!!

Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens” [Marcos 1.17].


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.
_____________

3 comentários:

Ao toque do Amor disse...

Vim, te oferecer o selo da primavera e te convidar a comemorar comigo, as minhas 32 mil visitas. Te espero, no toque pra pegar o selinho comemorativo e deixar a sua marquinha.
bjus
san

Dirceu disse...

ótimo. Sou pastor da igreja evangélica de confissão luterana no Brasil. E é exatamente isso que pregadmos e cremos. Não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo o crucificado.
Conheça mais da teologia luterana(se é que já não conheçe). Ela tem tudo a ver com sua forma de pemsar e crer.
Deus o abençoe!

Dirceu disse...

ótimo. Sou pastor da igreja evangélica de confissão luterana no Brasil. E é exatamente isso que pregadmos e cremos. Não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo o crucificado.
Conheça mais da teologia luterana(se é que já não conheçe). Ela tem tudo a ver com sua forma de pemsar e crer.
Deus o abençoe!