Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 28.mai.2017, Amós 2

Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Judá e por quatro, não retirarei o castigo, porque rejeitaram a lei do SENHOR e não guardaram os seus estatutos; antes, se deixaram enganar por suas próprias mentiras, após as quais andaram seus pais.
[Ezequiel 20.24,13,16; 2Reis 17.19; Isaías 28.15]
Por isso, porei fogo a Judá, e ele consumirá os palácios de Jerusalém.
[Jeremias 17.27; Oseias 8.14]
Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Israel e por quatro, não retirarei o castigo, porque vendem o justo por dinheiro e o necessitado por um par de sapatos.
[Joel 3.3; 2Reis 18.12; Amós 5.11-12]
Suspirando pelo pó da terra sobre a cabeça dos pobres, eles pervertem o caminho dos mansos; e um homem e seu pai entram à mesma moça, para profanarem o meu santo nome.
[Amós 5.12; Isaías 10.2; Ezequiel 22.11; Miqueias 2.2]

[655,000]

julho 17, 2010

Dízimos, coisa de meninos na fé, que andam atrás de ventos de doutrinas

.
Através do evangelho de Cristo, não encontramos ordenança para se tomar o dízimo ou para se cumprir qualquer outro rito da lei mosaica (aquelas leis dadas por Deus a Israel através de Moisés, encontradas no Livro Levítico, que registra todas as leis e regulamentos a respeito de rituais e cerimônias, assim como em Deuteronômio, onde Moisés recapitulou todas as leis).

Jesus nos deu um Novo Mandamento, mandou pregar o Seu evangelho, ordenou amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, isto é, com caridade, e não estipulou percentual ou limite;

Em Mateus 10.42; o Jesus nos diz em dar pelo menos um copo de água fria;

Em Mateus 19.21; ao jovem rico Ele ordenou vender tudo e dar aos pobres;

Em Lucas 19.8,9; Zaqueu disse ao Mestre que daria até a metade de seus bens aos pobres, Ele, porém, não confirmou a necessidade desse procedimento; disse apenas: “Hoje veio a salvação a esta casa”.

Muitos saem em defesa do dízimo afirmando que é bíblico [Número 18.21-26]; certamente, como também é bíblico os outros mais de 600 preceitos da lei dada por Deus a Israel através de Moisés, como a circuncisão [Gênesis 17.23 -27], o sacrifício de animais em holocausto [Levíticos cap. do 1 até 6.8-13], a santificação do sábado [Levíticos 23.3], o apedrejar adúlteros [Levíticos 20.10 e Deuteronômio 22.22].

É bíblico, mas pela ordenança da lei que Moisés introduziu ao povo!

Então, porque hoje não cumprem a lei na sua totalidade, ao invés de optarem exclusivamente pelo dízimo?

Querem o dízimo porque é a garantia de renda líquida e certa todos os meses nos cofres das instiuições religiosos como nome de igrejas e enriquecimento de ministros!

O que também é bíblico, e o homem ainda não se conscientizou, é uma grande divisão existente na Palavra, separando a Velha Aliança do Novo Mandamento do Senhor Jesus; o qual testifica a doutrina para salvação [1Coríntios 15.1,2].

E certo é que, qualquer esforço para voltar a lei de Moisés (como dar dízimos conforme Malaquias 3.10) que Cristo desfez na cruz, é anular o sacrifício do Cordeiro de Deus e reconstruir o muro por Ele derrubado [Efésios 2.13-15].

Apocalipse 5.9: Porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de todas as tribos, e línguas, e povos, e nações.

Portanto, o preço pela nossa salvação, o Senhor Jesus Cristo já pagou o mais alto, com o Seu sangue inocente na Cruz. O Senhor ainda alerta: “Fostes comprados por bom preço, não vos façais servos de homens” [1Coríntios 7.23]; e viver acatando a doutrina dos dízimos para manutenção de templos religiosos é ser servo de homens!

O dízimo hoje é remanescente por razões óbvias, uma, pela contribuição dos que arcam com essa pesada carga tributária;

Outra presunção, vem por parte dos que são beneficiados pelos dízimos, esses incorrem no erro pela ausência de entendimento espiritual da Palavra de Deus, não diferenciando a lei dada a Israel por Moisés feita de ordenanças simbólicas e rituais com a graça e a verdade do Senhor Jesus Cristo, ou mesmo consciente da abolição dessa prática, assumem o risco dolosamente na desobediência a Palavra do Senhor.

Porém, seja por uma ou por outra razão, o homem querendo ou não, aceitando ou não, o dízimo como toda a lei cerimonial do Antigo Testamento, foi por Cristo abolida pela aspersão do Seu sangue na cruz do Calvário [Lucas 16.16, Romanos 10.4, Efésios 2.15, 2Coríntios 3.14, Hebreus 7.12,18,19].

Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amaras ao teu próximo com a ti mesmo” [Gálatas 5.14].

E, finalmente, Abraão deu dízimo uma única vez, e despojo de uma guerra!


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

_____________

7 comentários:

Marcelo e Eunice disse...

parabens pela reflexão vou posta-la no Caminhando na Graça, de graça! abraços Na Fé

Marcelo e Eunice

Anônimo disse...

Olá amigo, li que comentarios anonimos talves não seja publicado, mas vou opinar assim mesmo. Na minha opinião eles continuam pregar sobre o dizimo é pq quem não gosta de dinheiro? Quem não gosta de maré mansa? Eu concordo com ofertas voluntarias, mas as igrejas de modo geral opitam a pregar sobre o dizimo para manter seus lideres com tudo do bom e do melhor. Não acho justo um assalariado tirar 10% da renda e dar de mão beijada com o custo vida cada vez mais caro.

FÁBIO HENRIQUE disse...

A graça e a paz seja com todos!

O argumento dos meninos que são questionados sobre a doutrina do DÍZIMO é esse:

http://www.youtube.com/watch?v=mywAHxOdzDQ

É só a música começar que os meninos já começam a dançar do jeito que seus mestres gostam. Quando a letra fala de palavras como: “restitui”, “comer do melhor dessa terra”, o show fica melhor e quando o nome de Zaqueu é citado, aí esses meninos adestrados por seus donos saem cantarolando para obedecer direitinho o engano perverso dizendo que querem subir. Não querem deixar as fraudes.

“Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.”

T.a.t.h.i.a.n.a L.u.c.e.n.a disse...

A Paz do Senhor!!
Fiz a indicação deste canal de bênção e edificação para o nosso primeiro selo Gerando Mentes Esclarecidas - como forma de lhe prestar uma homenagem simples, porém sincera.

http://tathicomvc.blogspot.com/2010/07/premio-gerando-mentes-esclarecidas.html


Não vou opinar sobre este assunto, porque não tenho realmente bagagem de conhecimento profundo para fazê-lo. Mas quando eu tiver, posso concordar ou discordar de suas argumentações.

No mais, sigo desejando que o Eterno te inspire e te abençoe cada vez mais.

=)

- www.tathicomvc.blogspot.com

Jovem Cristão disse...

No campo os lavradores plantam o que comem. Comem do que plantam.
Para comer é necessário plantar; para colher é preciso plantar.

Para plantar você precisa ter sementes, e as sementes não são suas. As sementes para nada foram feitas, a não ser para serem devolvidas a terra para dar o resultado de mais frutos. Você colhe os frutos que surgiu da semente que você plantou, e desses frutos você adiquirirá mais sementes para plantar. Assim você será cada vez mais abençoado, terá muitos, mas muitos frutos, por causa de uma mísera semente.

Entendamos irmãos, que muitos buscam colher "o melhor desta terra", porém não querem plantar. Um lavrador pode possuir qualquer tipo de frutas que ele quiser, porém se ele não plantar a semente do fruto que ele almeja, NUNCA ceifará o que tanto deseja.

Bençãos estão por aí, de todos os tipos. Cura, libertação, milagres, prosperidade, bens materiais, sucesso... e muitos e muitos recursos que um cristão pode obter. Mas se não buscar ou fazer por onde obter o que deseja, NUNCA terá.

Tenho muitas experiências na minha vida por causa das sementes que planto, ou melhor dizendo: tenho muitas bênçãos pra contar por ser dizimista. E dizimar é plantar; ajudar na obra missionária, na obra da igreja; não para enrricar pastores como muitos dizem por aí.

Quero enfatizar que, o que os pastores corruptos (por que sacerdotes corruptos já existiam desde a era da Bíblia) fazem ou não com o dízimo que eu entrego, é problema entre o pastor corrupto e Deus. Deus não deixará de me abençoar simplesmente porque o pastor faz mal uso do dízimo que devolvo pra Deus por intermédio dele.

Dizimar foi uma Lei adicionada aos preceitos do Antigo Testamento, porém antes da lei de Moisés existir, muitos antes como Abraão (Hb 7.2) e Jacó que dizimaram (Gn 28.22) não porque a Lei obrigava, mas porque tinham a consciência de que tudo quanto eles devolverem a parte que era de Deus, ou plantar a semente seríam ricamentes abençoados, porque sabiam o quanto Deus tinha o poder de abençoa-los ricamente. Por eles serem dizimistas, não porque eram obrigados e sim por que o eram de coração, eles formam parte do grupo de homens mais abençoados da história da Bíblia Sagrada. Nas experiências de quem é dizimista também podemos ver o quanto Deus abençoa.

Muitos não são dizimistas por que dizem que não precisam dizimar por que não estão mais debaixo da lei do Antigo Testamento, e sim por que estão debaixo da graça. Verdade, não somos mais obrigados a dizimar, devolve o dízimo quem quer, e quem bem axar melhor. Só que dizimar é o mesmo que você está falando pra Deus: Senhor eu não tenho amor ao dinheiro, e sim tú estás em primeiro lugar em tudo que tenho, e o dinheiro não é mais importante do que o meu Senhor Deus. É uma prova de fé; e o maior exemplo de fé na Bíblia, que foi salvo pela graça mediante a fé, mesmo muito antes da dura lei, é Abraão que era Dizimista.

Caro leitores, nenhuma igreja hoje obriga a ninguém a nada,ou melhor dizendo; Deus não interfere na sua maneira de pensar, de agir ou de escolha, você é livre; porém Deus determina o que é certo e o que é errado, o que é bom e o que é ruim, basta você escolher. Queres Receber bênçãos do Senhor Deus? Plante, ou faça por onde receber. Também se não quiser plantar... Não colherá.

Dizimar é a unica atitude que depois de consumada, podemos fazer prova ou tirar satisfação com Deus se ele não abrir ajanela dos céus e não derramar bênçãos sem medidas sobre "os dizimistas" (Ml 3.10).

Neymarques Feitosa.

James disse...

.


Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados.


Jovem Cristão,


Existe equívocos em sua afirmação e insistência em ser dizimista, ainda que foi antes da lei que Abraão dizimou, mas, dizimou uma única vez e não todos os meses conforme o seu pastor e você quer que os outros façam...

E, sobre Jacó, seria interessante que você estudasse mais um pouco as Sagradas Escrituras, por que, Jacó não dizimou, mas, biblicamente está escrito em Gênesis 28.22, “E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo”, e isto certamente não diz que Jacó dizimou mas que ele teve a intenção em dar, e não existe nenhum relato bíblico que Jacó dizimou! Portanto, não tente justificar-se com coisa que não está na Bíblia!!!

Aliás, você certamente dizima com base em Malaquias 3.10, um profeta judeu que estava falando com os judeus que deveriam praticar a lei...

Então, meu Jovem Cristão, pratique tudo o que está na lei e não somente os dízimos, caso contrário, você está sob maldição: Gálatas 3.10

Como diz o texto, Dízimos, coisa de meninos na fé, que andam atrás de ventos de doutrinas!

Deus o abençoe e aos seus ricamente.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Blog "Adoradores em Casas"
Comunidade Orkut "Adoradores em Casas"


...
..
.

jerubaal disse...

A Paz!

O DIZIMO NÃO É ALGO DA LEI, POIS ABRÃO DIZIMOU ANTES DA LEI.

Hebreus 7:2
a quem também Abraão separou o dízimo de tudo (sendo primeiramente, por interpretação do seu nome, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;

DIZIMO FOI INCLUIDO NA LEI

Hebreus 7:9
E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos,

Levítico 27:30
Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor.

Malaquias 3:8
Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.
9 Vós sois amaldiçoados com a maldição; porque a mim me roubais, sim, vós, esta nação toda.
10 Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.


JESUS MANDOU DIZIMAR

42 Mas ai de vós, fariseus! Porque dais o dízimo da hortelã, e da arruda, e de toda hortaliça, e desprezais a justiça e o amor de Deus. ORA, ESTAS COISAS IMPORTA FAZER, SEM DEIXAR AQUELAS.

Jesus nos mandou dizimar

TEM MAIS
Hebreus 7.8 - E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.

Os homens recebem qui porem o Senhor no Mundo espiritual.

Fica c/ Deus Um Abraço!