Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 12.set.2017, Amós 2

Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Israel e por quatro, não retirarei o castigo, porque vendem o justo por dinheiro e o necessitado por um par de sapatos.
[Joel 3.3; 2Reis 18.12; Amós 5.11-12]
Suspirando pelo pó da terra sobre a cabeça dos pobres, eles pervertem o caminho dos mansos; e um homem e seu pai entram à mesma moça, para profanarem o Meu santo nome.
[Amós 5.12; Isaías 10.2; Ezequiel 22.11; Miqueias 2.2]
E se deitam junto a qualquer altar sobre roupas empenhadas e na casa de seus deuses bebem o vinho dos que tinham multado.
[Amós 6.6; Êxodo 22.26-27; Deuteronômio 24.12-17; Juízes 9.27; Isaías 57.7]
Não obstante EU ter destruído o amorreu diante deles, a altura do qual era como a altura dos cedros, e cuja força era como a dos carvalhos; mas destruí o seu fruto por cima e as suas raízes por baixo.
[Malaquias 4.1; Números 13.32-33; 21.23-25; Jó 18.16; Gênesis 15.16]

[676,340]

maio 02, 2010

O engano dos incitadores ao pagamento de dízimos...

.
Por certo que, irá aparecer os espertalhões das cobranças e dizerem que somente falamos de dinheiro, mas, é em função de seus ensinamentos avarentos que sempre estamos trazendo estas discussões, levantando um alerta ao povo que financia e mantêm ministérios e ministros! (Outrossim, nesta lauda textual, são mencionados capítulos de textos bíblicos, para nenhum espertalhão dizer que estamos usando versículos isolados, mas, é no contexto que nos referimos!)

Pois, o ensinamento de Jesus não é de financiar templos e pessoas, mas, Jesus nos ensinou a ajudar, a dar aos que necessitam e não receber... “Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui” [Lucas 12].

Todos sabem que dos púlpitos de “instituições igreja”, são ensinados aos membros que estes devem dizimar aos cofres ministeriais (as igrejas templos), e que fazendo isto, Deus de forma “mágica” (dizem milagrosa), irá abrir as janelas para que haja a maior abastança, isto é público e notório, pois, esta pregação é baseada em Malaquias 3.10, um profeta levantado por Deus para trazer repreensão aos sacerdotes constituídos na Lei mosaica...

Mas, quando estes pregadores são confrontados com o ensinamento de Jesus que não se devem amontoar riquezas nesta terra, e sim que se façam boas obras, como ajudar aos pobres e necessitados [Mateus 19; 25; Marcos 14], e que utilizando esta forma de obrigar aos membros a dizimarem não condiz com a verdade bíblica... eles simplesmente se esquivam e dizem que pregam o dízimo baseados em Gênesis, que o dízimo foi antes da Lei mosaica, por isso que pregam sobre o ato de dizimar!

Ora, quando meditamos e permitimos que o Espírito Santo nos dê a graça com Seu ensinamento, nos trazendo entendimento da vontade de Deus, encontrar-se-á em Gênesis, o relato sobre o dízimo, que foi entregue por Abrão, por assim afirmar: “E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo”!

Abrão dizimou? Sim! Mas, uma única vez, nada mais, não há relatos bíblicos de que Abrão deu continuidade ao ato de dizimar, seu ato de dizimar foi ocorrido dos despojos de uma guerra ao rei Melquesideque... pronto! Acabou!

Abrão dizimou uma única vez, e seu neto Jacó prometeu dizimar e não são encontrados relatos bíblicos que ele assim procedeu [Gênesis 28];

Ora, dizimar não é ato de fé, é um ato de tentar barganhar com Deus, através de dinheiro, para receber um suposto milagre...

A fé consiste em crer em Deus e que, pelo beneplácito de Sua infinita Bondade, irá suprir nossas necessidades, mesmo antes de Lho pedirmos...

O ato de fé consiste em esperarmos em Deus, buscando em primeiro lugar o Seu reino e Sua justiça, pois quê, tudo quanto necessitamos o Senhor Deus nos concederá [Mateus 6]... ou não sabeis vós que “o justo viverá da fé” e não pelos dízimos!!

Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

.
____________

5 comentários:

FÁBIO HENRIQUE disse...

Graça e paz, irmão James!

- Eu dou de coração!

- E daí! Existem pessoas que, DE CORAÇÃO: Mentem, roubam, matam, cometem adultério, etc. Mas, a verdade continua a mesma. E nós, DE CORAÇÃO, somos contra a mentira!

James disse...

.


Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados.


Irmão FÁBIO HENRIQUE,


Esta é uma verdade que engana os enganados...

Muitos dizem dar de coração para tentar enganar a quem os está ouvindo, pois, na realidade eles almejam o que está proposto em Malaquias, a abertura das janelas, porque, caso contrário, não estariam dizimando!

Deus o abençoe e aos seus ricamente.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Comunidade "Blogueiros Cristãos"

...
..
.

Paulo disse...

Sua denominação, seja qual for, não recebe dízimos e oferta? como sobrevive?

James disse...

.


Paulo ,


Afim de darmos continuidade aos nossos contatos, responda-me, por favor, em primeiro:

Qual o relato bíblico pelas epístolas de Paulo (o qual é o apóstolo dos gentios), e que nos transmitiu os ensinamentos de Deus para com a Igreja, que nos falam dos dízimos e ofertas para a manutenção da comunidade Igreja???

E qual o relato bíblico que justifica este modelo de “denominações”??


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Blog "Adoradores em Casas"
Orkut "Adoradores em Casas"
Facebook "Adoradores em Casas"
Twitter “Adoradores em Casas”


...
..
.
.

Elias Filho disse...

São tão hábeis nisso irmão James que eles falam o que os fiéis (fiéis aos líderes, é claro) querem ouvir, é igual político com seus eleitores, falam o que o povo quer ouvir...Geralmente nessas igrejas (instituições) os pastores são os conhecedores, são os homens do saber e os membros são apenas ouvintes, e dificilmente algum membro tem a oportunidade de trazer um estudo da Palavra ou pregação de evangelismo, por que? Porque a maioria não sabe mesmo, só se prega e dar estudo quem faz teologia nesses lugares e sabemos que a maioria mesmo não o faz, daí é mais fácil convencê-los a doar e pagar o dízimo a igreja (não é pra Deus nunca isso...). Sou membro do corpo de Cristo conhecido como Irmãos Unidos e que no Brasil é conhecida como Cristã Casa de Oração, não somos denominacionais, somos independentes, pois assim foi o início na Irlanda que irmãos se reuniram para voltar a palavra, ao estudo, voltar aos moldes da igreja primitiva...infelizmente não tem sido assim e várias espalhadas nesse Brasil, pois mesmo não sendo denominacionais, agimos como tais. Não usamos por título Pastor, a hierarquia se deve a Presbíteros, Diáconos e Anciãos, mas assim como qualquer ajuntamento de pessoas que se reúnem, acontece muito do que vemos em muitas outras denominações afora...Também sou contra a obrigatoriedade do dízimo e acho absurdo usarem versículos isolados para defenderem tal ato, pra mim isso se chama barganhar com Deus prosperidade, pois nada mais é que isso, dizimam esperando uma recompensa de Deus.
Gostei do seu Blog irmão.
Que Deus o abençoe e guarde.
Elias Filho