Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 22.mai.2017, Amós 3

Certamente o SENHOR JEOVÁ não fará coisa alguma, sem ter revelado o Seu segredo aos Seus servos, os profetas.
[Gênesis 6.13; 18.17; João 15.15; 1Reis 22.19-23; 2Reis 3.17-20]
Bramiu o leão, quem não temerá? Falou o SENHOR JEOVÁ, quem não profetizará?
[Jeremias 20.9; Atos 4.20; Amós 1.2; Jó 32.18-19]

[653,745]


setembro 08, 2008

Permaneça no que Permance!!

...
Quando nós dizemos que uma árvore está bem arraigada, não dizemos que os ventos nunca soprarão sobre ela.

Não é por você ser uma pessoa firmada nos caminhos de Deus que as lutas e as tempestades não se abaterão sobre sua vida. Mas como a casa edificada na rocha, depois que a tormenta passar você continuará de pé e alegrando-se na vitória.

Não havia espaço para dúvidas na mente de Noé. Se Deus disse, assim aconteceria. Pensa nisto: De quanto Noé necessitaria para a construção da arca: tábuas, pregos, betume, etc.? Estamos falando de muito dinheiro! Deus não fez chover sacolas de dinheiro no terreno de Noé; não nasceu nenhuma "plantação de dinheiro" em sua horta. Me permita imaginar que Noé gastou suas reservas na compra dos materiais, mas foi pouco; vendeu, quem sabe, sua maior fazenda e... foi pouco. Colocou a casa de praia à venda, os carros, a mobília cara, desfez-se de muitas coisas que acompanharam sua família por muitos de anos.

De certo que os amigos consideravam uma verdadeira loucura desfazer-se dos bens da família, de poses que eram cobiçadas por todos.

Noé investiu na única coisa que iria flutuar. Uma casa com dez quartos, um bosque na parte de trás, churrasqueira, garagem para quatro carros, piscina com queda de água natural... Pra que tudo isso? Tudo iria ficar irremediavelmente submerso. De que adiantaria tudo isso a muitos metros de profundidade, quando as águas viessem?

Creio que neste dia Deus quer nos dizer que precisamos investir no que irá "flutuar" no futuro. Pra que manter certos relacionamentos, se na volta de Jesus eles se desfarão? Pra que consumir todo o nosso tempo em projetos que serão "submersos" um dia? Pra que nos deixar vencer pela ansiedade e preocupação por algo que não existirá em um futuro próximo? Tudo o que nossas mãos conseguirem produzir sem a presença de Cristo será desfeito um dia. É necessário desfazer-se de coisas que "afundam".

Alguém talvez tenha perguntado a Noé: "Esse barco não tem velas, não tem leme... Você irá pra onde? É seguro?"

Ao acreditarmos nos planos de Deus, por mais improváveis que pareçam, seremos conduzidos para onde o Senhor quer; na segurança de Seus braços de amor.
...

8 comentários:

Bia disse...

Amém! Eu creio nos planos improváveis de Deus para a minha vida e creio q um por um se realizarão, e que depois eu entenderei o sentido de cada um.

Fique em Deus!

Bia- Deus e a Menina

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor, irmã Bia!

Louvado seja o Senhor que, não nos deixa confundidos e, que, por Seu infinito nos revela todos os sentidos de Seus planos...

Deus a abençoe por sua rica visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

bless disse...

Olá irmão recebi este post por email.Obrigada por estas lindas palavras.Deus só levanta os corajosos que não temem as circunstâncias.Glória a Deus pela tua vida.
Daniela

Fabíula disse...

Amém irmão James...



Graça e Paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo.



Eis que não temos de nos preocupar com as coisas do mundo, pois são coisas passageiras (1CO 7:31 E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa. 1JO 2:15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

1JO 2:17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.)

, temos de buscar as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado a destra de Deus (CL 3:1 PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.)

. O Senhor ama o que é justo, e nenhuma de suas promessas deixou de cumprir, esperamos NELE todas as coisas, pois ELE é Fiel.

Francivaldo Jacinto disse...

Caro irmão James, a paz do Senhor!

Levando o seu pensamento, de que alguns amigos de Noé, consideravam uma loucura ele desfazer-se dos seus bens materiais, para empregar na construção da arca.
Fica bem claro o que o texto de I Co.2:14 diz:
“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”.
Um abraço!

solascriptura-pb.blogspot.com

james disse...

A vós, graça e paz da parte de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo, amados irmãos!

Irmãos Glauco e Daniela Silvestre, Bless...

Tudo para honra e glória ao nome Santo do Senhor.

Irmã Fabíula...

Louvemos ao Senhor por sua justiça e por nos revelar que as coisas que são de cima é nosso bem maior.

Irmão Francivaldo Jacinto...

Louvemos ao Senhor que, "... quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória..." (Colossenses 1.27), dando-nos discernimento das coisas que são impossíveis ao homem natural.

Deus abençoe aos amados e aos seus ricamente, e por suas ricas visitas ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

Cal disse...

a Paz irmão!

"Ao acreditarmos nos planos de Deus, por mais improváveis que pareçam, seremos conduzidos para onde o Senhor quer; na segurança de Seus braços de amor."

realmente esse texto é maravilhoso! investir no que flutuará no futuro, é a melhor opção!
mas os crentes de hoje em dia só querem receber. nada de dar, ajudar, contribuir ou ser usados por Deus. somente receber.
É uma pena, e eu sei disso!

Estou indo pra missões o ano que vem, e é uma dificuldade imensa conseguir mantenedores pra obra!
Mas, graças a Deus, sempre há quem considera essas suas palavras!

Tudo isso vai acabar, restará o que plantarmos para flutuar no futuro! amém!

Abraços!

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor, irmão Cal!

Louvemos ao Senhor que nos fortalece com Seu amor, e nos entendimento pela Sua Palavra...

Infelizmente, a grande maioria dos que se dizem crentes, na realidade, vivem nas barganhas das bênçãos e não em auxílio e ajuda aos necessitados...

Mas graças a Deus que, como o amado, tem em seu coração as missões, que sempre o Senhor há de nos suprir o necessário...

Deus abençoe pela honrosa visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.