Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 10.jul.2017, Mateus 5

EU, porém vos digo: Amai a vossos inimigos, bem-dizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; [Lucas 23.34; 6.27-28; Atos 7.60; Romanos 12.14; 1Pedro 3.9; Salmos 7.4]
Para que sejais filhos do vosso PAI que está nos céus;
porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[Lucas 6.35; Atos 14.17; Mateus 5.9; Jó 25.3; Salmos 145.9]
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? [Lucas 6.32-35; Mateus 6.1; 9.10-11; 11.19; 18.17]
E, se saudares unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? [Mateus 5.20; Lucas 6.32; 10.4-5; 1Pedro 2.20]
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso PAI que está nos céus. [Levítico 19.2; Colossenses 1.28; Gênesis 17.1; Deuteronômio 18.13; Lucas 6.36]

[664,370]

setembro 28, 2008

Erros, contradições na Bíblia...

.
Concorremos com Winkie Pratney, que, muitos gostam de enfatizar discussões sobre hipotéticos erros da Bíblia. Pois bem, a estas pessoas cujas vidas são uma constante indagação, fizemos o favor de relacionar quais os erros que elas tanto procuram.

A Bíblia está CHEIA de erros...
o primeiro erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
o segundo erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;
e assim erros e mais erros ainda estão sendo cometidos...
porque as pessoas insistem em duvidar da Palavra de Deus.

A Bíblia está CHEIA de contradições
...
Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
Ela contradiz o seu pecado e o meu.

A Bíblia está CHEIA de falhas...
porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes;
assim foi com a falha de Adão;
com a falha de Caim;
e a de Moisés;
bem como a falha de Davi e a de muitos outros que também falharam.
Mas Ela é também o relato do amor infalível de Deus.

Deus não ESCREVEU a Bíblia
...
para pessoas que querem jogar com as palavras;
para aqueles que gostam de examinar o que é bom mas sem fazê-lo;
para o homem que não acredita porque não quer.

O homem moderno DESCARTOU os ensinamentos da Bíblia...
pelas mesmas razões que outros homens tem descartado através da historia;
por grande ignorância a sua verdadeira mensagem e conteúdo;
intransigente apatia em recusar considerar suas declarações;
bem conhecidos pseudo-cientistas posando de críticos honestos;
convicção secreta de que este Livro está certo e de que os homens estão errados.

Somente uma pessoa PRECONCEITUOSA acreditaria que...
os ensinamentos bíblicos são passados e irracionais, sendo princípios arcaicos e sem propósito;
a Bíblia está cheia de discrepância e afirmações inaceitáveis;
Ela só poderia ser trabalho irrelevante e não inspirado de meros homens.

A Bíblia é, afinal, somente mais um LIVRO RELIGIOSO
...
para milhares que não se arriscam serem honestos consigo mesmos e com Deus;
para os que tem medo de aceitar o desafio do próprio Deus a um exame honesto;
para os que não querem examina-la a fundo porque Ela diz verdadeiramente como os homens são.

E você pode ENTENDER ou CONFIAR no que a Bíblia diz...
a menos que você esteja disposto a considerar as evidências e encarar face a face o AUTOR!
...

6 comentários:

Francivaldo Jacinto disse...

Caro James, a paz do Senhor.

Ótimo artigo. Gostei da sua iniciativa de escrever acerca da Bíblia que é a nossa fonte absoluta de consulta. Se usamos a Palavra de Deus para escrever os nossos textos, precisamos mostrar que ela é a única fonte segura. Não é um livro qualquer como muitos pensam. Não podemos compará-la a nenhum outro livro.

Fraternalmente.

Francivaldo Jacinto.

james disse...

A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, irmão Francivaldo Jacinto!

É sempre gratificante ter sua visita ao nosso humilde blog, e, sempre necessário é, que, nossos textos e mensagens estejam baseados e alicerçados na mais segura fonte inspirada por Deus, a Bíblia...

Ainda que, muitos discordem, mas toda a honra e glória é ao nome Santo do Senhor Jesus.

Fraternalmente.
James.

Junior disse...

Muito bom James!

Simplesmente fantástico.

Paz,
Junior

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor, irmão Junior!

Realmente,é fantástica a Palavra de Deus e tê-la como única fonte segura que nos leva a Cristo...

Deus abençoe ao irmão e aos seus ricamente, e por sua rica visita ao nosso humilde blog.

Fraternalmente.
James.

Paulo disse...

É bom conhecer e relembrar a seguinte verdade: nenhum filósofo, nenhum lógico, nenhum matemático, nenhum teólogo, nenhum cientista ou qualquer outra pessoa, no passado ou no presente, jamais encontrou uma única contradição nas páginas da Bíblia. Fizeram-se e fazem-se tentativas de mostrar que a Bíblia é inexata e contraditória, às vezes querendo fazer com que os leitores, seguidores e divulgadores da mensagem da Bíblia sejam vistos como desprezíveis, ignorantes, tolos ou ridículos. Porém, invariavelmente, as pessoas que alegam contradições na Bíblia o que fazem é o seguinte: (1) escolhem duas ou mais sentenças bíblicas; (2) escolhem uma interpretação incompatível ou contraditória para essas sentenças; (3) e depois afirmam que a Bíblia é contraditória. O certo é que a Bíblia é um todo coerente. Na verdade, todas as alegadas contradição residem na INTERPRETAÇÃO que essas pessoas decidiram escolher, quando está disponível e acessível a todos, normalmente através do contexto ou de outras passagens bíblicas, a interpretação compatível, não-contraditória e razoável das passagens bíblicas que podem, à primeira vista, suscitar alguma dificuldade de compreensão. Deste modo, a contradição que essas pessoas alegam NÃO reside no que a Bíblia diz, mas naquilo que ELAS, segundo a prévia interpretação que decidiram escolher, DIZEM que a Bíblia diz ? mas que a Bíblia realmente não diz. Naturalmente, no exercício, do meu livre-arbítrio, eu sou livre para, de um cesto de maçãs que tem à vista maçãs boas e maçãs podres, escolher tirar uma maçã podre. Problema meu. Também, perante a Escritura, sou livre para ESCOLHER uma interpretação contraditória, mas aí também o único responsável por isso sou eu. Não poderei jogar as culpas na Bíblia ou em outras pessoas, por isso. Às vezes, esforçando-me por conseguir a boa interpretação, eu posso ter dificuldade em ver qual seria essa interpretação correta de certa passagem bíblia. É interessante que a Bíblia contém pelo menos uma situação igual a essa, que é a do eunuco etíope. No livro de Atos 8:26-38, esse homem de religião judaica temente a Deus estava lendo o texto de Isaías 53:7,8 e estava tendo dificuldade na interpretação dessa passagem bíblia. O evangelizador Filipe abordou-o e informou-o de uma interpretação de Isaías 53:7 e 8 diferente da interpretação que os líderes religiosos do judaísmo lhe propuseram e que ele tinha aceito até ali. Esse homem instruído, membro do Governo da Etiópia, humildemente aceitou a interpretação proposta pelo evangelizador Filipe, com um resultado muito feliz.

Paulo disse...

É bom conhecer e relembrar a seguinte verdade: nenhum filósofo, nenhum lógico, nenhum matemático, nenhum teólogo, nenhum cientista ou qualquer outra pessoa, no passado ou no presente, jamais encontrou uma única contradição nas páginas da Bíblia. Fizeram-se e fazem-se tentativas de mostrar que a Bíblia é inexata e contraditória, às vezes querendo fazer com que os leitores, seguidores e divulgadores da mensagem da Bíblia sejam vistos como desprezíveis, ignorantes, tolos ou ridículos. Porém, invariavelmente, as pessoas que alegam contradições na Bíblia o que fazem é o seguinte: (1) escolhem duas ou mais sentenças bíblicas; (2) escolhem uma interpretação incompatível ou contraditória para essas sentenças; (3) e depois afirmam que a Bíblia é contraditória. O certo é que a Bíblia é um todo coerente. Na verdade, todas as alegadas contradição residem na INTERPRETAÇÃO que essas pessoas decidiram escolher, quando está disponível e acessível a todos, normalmente através do contexto ou de outras passagens bíblicas, a interpretação compatível, não-contraditória e razoável das passagens bíblicas que podem, à primeira vista, suscitar alguma dificuldade de compreensão. Deste modo, a contradição que essas pessoas alegam NÃO reside no que a Bíblia diz, mas naquilo que ELAS, segundo a prévia interpretação que decidiram escolher, DIZEM que a Bíblia diz ? mas que a Bíblia realmente não diz. Naturalmente, no exercício, do meu livre-arbítrio, eu sou livre para, de um cesto de maçãs que tem à vista maçãs boas e maçãs podres, escolher tirar uma maçã podre. Problema meu. Também, perante a Escritura, sou livre para ESCOLHER uma interpretação contraditória, mas aí também o único responsável por isso sou eu. Não poderei jogar as culpas na Bíblia ou em outras pessoas, por isso. Às vezes, esforçando-me por conseguir a boa interpretação, eu posso ter dificuldade em ver qual seria essa interpretação correta de certa passagem bíblia. É interessante que a Bíblia contém pelo menos uma situação igual a essa, que é a do eunuco etíope. No livro de Atos 8:26-38, esse homem de religião judaica temente a Deus estava lendo o texto de Isaías 53:7,8 e estava tendo dificuldade na interpretação dessa passagem bíblia. O evangelizador Filipe abordou-o e informou-o de uma interpretação de Isaías 53:7 e 8 diferente da interpretação que os líderes religiosos do judaísmo lhe propuseram e que ele tinha aceito até ali. Esse homem instruído, membro do Governo da Etiópia, humildemente aceitou a interpretação proposta pelo evangelizador Filipe, com um resultado muito feliz.