Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 18.jun.2018

Apocalipse 21

E nella não vi templo, porque della o templo he o SENHOR DEOS TODOPODEROSO, e o CORDEIRO.
[Mateus 24.2; João 4.21; Apocalipse 1.8; 5.6]
E a cidade não necessita de sol, nem de lua para que nella resplandeção: porque a gloria de DEOS a tem alumiado, e o CORDEIRO he sua candeia.
[Salmos 84.11; Isaías 24.23; 30.26; 60.19,20]
E as gentes que se salvarem, andarão em sua luz: e a ella os Reis da terra trarão sua gloria e honra.
[Salmos 72.10; Isaías 49.23; 60.3,5]
E suas portas de dia se não fecharão: porque ali não haverá noite.
[Isaías 60.11; Zacarias 14.7; Apocalipse 21.12,15]
[versão bíblica Almeida 1850]

[713,245]

agosto 15, 2016


Mais de 10 milhões de DESIGREJADOS - Parte 2
Os males relacionados aos líderes denominacionais

[473,970]


Contexto bíblico:

"Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro." - [Gálatas 6]
"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que JESUS CRISTO está em vós? Se não é que já estais reprovados." - [2Coríntios 13]
"Examine-se, pois, o homem a si mesmo..." - [1Coríntios 11]

As lideranças eclesiásticas vem ao longo das últimas décadas sofrendo de uma Esquizofrenia Espiritual, pela incoerência mental, personalidade dissociada e rompendo o contato com a verdade bíblica e de um Alzheimer Religioso, estão se esquecendo das noções no aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de CRISTO; vivendo por males.

Os males da cúria, da cúpula que vem atormentando a igreja instituição, são visíveis dia a dia, em redes sociais, programas de mídia televisiva, tornam as pessoas (membros e fiéis) mais atentas, receosas, as fazem buscar a verdade de DEUS, passam a viver como os nobres bereanos [Atos 17], se empenhando em meditar e examinar às Sagradas Escrituras em detrimento aos ensinos de púlpitos e lideres corrompidos pela ganância;

E estes males relacionados aos líderes denominacionais, e associados ao entendimento pela busca da verdade, levam pessoas a se afastarem das instituições religiosas, que se sentem libertas das amarras forjadas a mantê-las num calabouço religioso onde eram somente ouvintes, e passivos, apenas pagavam por uma fé em coisa invisível que, se  falha, lhes era imputada a culpa;

Os males que desabona as lideranças, que traz prejuízo, lesão espiritual, são, dentre outros:

  • O principal: Esqueceram do fervor inicial, do primeiro amor, do encontro com o SENHOR;
  • Limitaram a liberdade do ESPÍRITO SANTO, devido ao excesso de planejamento;
  • Sentem-se autossuficiente, não fazem autocrítica, não se atualizam e não tentam melhorar;
  • Perderam a sensibilidade que nos faz chorar com os que choram;
  • Possuem um “rosto fúnebre”, muitas vezes sintoma de medo, quando deveria ter alegria por onde passa;
  • Fazem da aparência luxuosa e dos títulos, o principal objetivo de vida;
  • Cortejam superiores e honram pessoas que não são de DEUS, esperando por benevolência;
  • Por ciúmes ou astúcia, ficam contentes com a queda de alguém, em vez de ajudá-lo;
  • Formam “círculos fechados” que buscam ser mais fortes do que os outros;
  • Querem mostrar-se mais capazes do que os outros, por meio de calúnia e difamação, como fazem com os desigrejados.

Por fim e certo, é que as lideranças eclesiásticas deveriam, e devem se preocupar com o número crescente de desigrejados como uma forma de se auto examinarem, porém, estão justamente operando de forma contrária, vez que, são agressivos, arrogantes, melindrosos, birrentos, apenas querem choramingar quando são confrontados com argumentos bíblicos, pelos desigrejados sobre suas condutas e ensinos forjados a enganar, a usurpar da fé alheia.


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

Nenhum comentário: