Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 28.mar.2017, Atos 22

E ele disse: O DEUS de nossos pais de antemão te designou para que conheças a Sua vontade, e vejas aquELE Justo, e ouças a voz da Sua boca.
[Atos 26.16; 1Coríntios 9.1; 15.8]
Porque hás-de ser Sua testemunha para com todos os homens do que tens visto e ouvido.
[Atos 1.8; 23.11; 4.20; Lucas 24.47-48; João 15.27]
E agora porque te deténs? Levanta-te, e baptiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do SENHOR.
[Atos 2.21,38; Hebreus 10.22; 1Coríntios 6.11]

[616,240]

abril 16, 2015

Sistematização do evangelho pela teologia judaizante evangélica, o cristianismo.


Há uma constante discussão pelas lideranças eclesiásticas de que sem teologia não ocorre entendimento da Palavra de DEUS [contida na Bíblia], porém, isto nada mais é que a defesa dos interesses da exclusividade e da centralização do poder religioso nas mãos de 1/2dúzia de intelectuais da hierarquia monárquica da igreja instituição.

Muitos leigos da Palavra de DEUS, apesar de serem letrados, estão se deixando levar pelos ensinos da teologia judaizante evangélica...

E o que significa teologia judaizante evangélica??
Significa que as lideranças eclesiásticas estão usando de normas e preceitos do Antigo Testamento para sistematizar o evangelho de CRISTO para locupletar da fé alheia da membresia, chamando-a de 'cristianismo'.

Melhor dizendo, é em função do cristianismo que ouvimos lideranças religiosas dizendo da 'sistematização doutrinária do evangelho' usando estudos do Antigo Testamento, ou, criação e elaboração de doutrinas de homens reduzindo o evangelho de CRISTO a um mero sistema mesclando-o com "algumas" regras do Antigo Testamento, pois bem, é isso que a teologia faz, enganar pessoas por homens intelectualizados e mal intencionados, mesmo por que, conforme as lideranças religiosas nos deixam claro, é que a sistematização do evangelho pela teologia do Antigo Testamento leva há:
• sacerdotes centralizadores de poder ainda no tempo da graça
• construção de prédios religiosos em detrimento à ajuda aos pobres e necessitados
• dízimos para manutenção de ambos
• adestramento da membresia
• enfim, todo tipo de engano, argumentos capciosos no intuito de enganar, apenas!!

Conclui-se pelo exposto, os lideres religiosos são mágicos (e os que lhes são submissos pelo cabresto) em suas denominações religiosas apelidadas de 'igrejas' usando de ensinamento do judaísmo e mesclando-o ao evangelho, a religião pós ensinamento dos apóstolos, o cristianismo!!

Pronto! A fórmula foi composta, o cristianismo é judaizante, é como Pedro tentou fazer aos gentios para viverem como judeus e foi repreendido por Paulo [Gálatas 2], hoje, as denominações religiosas apelidadas de 'igrejas' fomentam-se por doutrinas de homens dissolutos [Mateus 15Marcos 7Colossenses 2miscigenando preceitos do judaísmo ao evangelho de CRISTO.

E esta verdade está nos alicerces da igreja instituição, mesmo por que, os desigrejados, temos conhecimento fidalgo das 'igrejas', e de que o cristianismo está corroborado com os ensinadores da teologia judaizante evangélica...

Não temos nada a esconder sobre o tal cristianismo ou sobre qualquer coisa relativa às igrejas, antes, o que apresentamos com base na Palavra de DEUS é justamente o contrário, expor os erros, enganos, fraudulência de seus pregadores, a usurpação da fé alheia, enfim, quem tem a esconder ou o que sempre presenciamos, e o que sempre defendem, são sujeitos compromissados com o próprio ventre, e tudo o que usam nada tem que se aproveitar ou edificar, antes, são pregadores incansáveis da teologia famigerada pela qual vivem as denominações, a teologia de argumentos capciosos que criam cabrestos aos menos esclarecidos ou ainda, meninos na fé, incautos e inconstantes seguidores de religiões e não de CRISTO.

Um exemplo de como sempre temos denunciado, da deturpação do evangelho pela teologia judaizante evangélica, podemos notar na referência ao 'cetro' (o qual é utilizado pela realeza como símbolo de poder), mas o comentário de um infeliz sujeito que se traja de 'pastor' diz que nos dias atuais o 'cetro' seria melhor entendido como AUTORIDADE, importante no contexto eclesiológico, o que é relativo às igrejas, mas digo, não a DEUS...

... pois é, como são pretensiosas as lideranças eclesiásticas, usam de tudo para viverem do AUTORITARISMO religioso, e nada do que dizem tem respaldo bíblico, e contra eles ainda está a Palavra de DEUS:

"¶ O Teu trono, ó DEUS, é eterno e perpétuo; o cetro do Teu Reino é um cetro de eqüidade" [Salmos 45]!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


[422,350]

Nenhum comentário: