outubro 05, 2012

Batizado com o Espírito Santo!! Como é??

[273505]

Sem dúvidas, ser batizado com o Espírito Santo é uma das melhores descrições que se refere aos evangélicos pentecostais;

Acho interessante. Desde que conheci realmente ao Senhor Jesus, O conhecendo através de Sua Palavra, nunca me senti bem quando as pessoas se referiam a mim como um evangélico, sempre tive repulsa a ser chamado de tal...

Frequentei uma igreja instituição (Assembléia de Deus), por 6 anos, e todo este tempo ouvia que era necessário buscar (pedir a Deus) o revestimento de poder, chamado de "batismo do Espírito Santo", com o início em falar línguas estranhas (e coloca estranhas nisto); eles dizem que nem todos recebem, somente alguns (é como estar vestido e colocar um paletó por cima da roupa, dizia o pastoreco), esta é uma das bases principais apregoada pela teologia pentecostal (além dos rodopios e da gritaria)...

Fundamento dos pentecostais

Deus reveste (batiza) com o Espírito Santo, e o inicio como sinal é o falar em línguas estranhas; baseiam-se em Atos 2 (dia de Pentecostes), por que os discípulos que estavam reunidos no Cenáculo, foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas.

Entretanto, o relato bíblico de Atos 2 nos testifica que:

Primeiro, o Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos como cumprimento da profecia em Joel 2.28-29; este é o 'batismo' que João Batista se referiu em Mateus 3.11 e Marcos 1.8 e Lucas 3.16, porquanto, é um batismo sobre todos os seguidores de Cristo (e não em meia dúzia), mesmo por que há um só batismo [Efésios 4.5];

Segundo, as línguas apregoadas se referem as línguas de outras nações dos religiosos que estavam em Jerusalém [Atos 2.6-11], e para os pentecostais é o dogma de falar em línguas como em 1Coríntios 14.

Ou seja, para os pentecostais, Deus faz acepção de pessoas, porque (de acordo com estes religiosos) Deus escolhe uns para "batizar" e outros não, uns tem mais poder e outros não (??).

Um dogma que machuca pessoas; por que muitos "buscam" este tal "batismo" que nunca irão receber, por que não existe, e então ficam frustradas achando que Deus os tem desprezado.

Este desprezo, eu convive, por que a filha do pastor da igrejola que frequentei, em cultos de orações, chorava constantemente, por que ela "buscava" e não recebia!!

Aliás, o terrorismo religioso é a marca registrada do sofisma pentecostal, o argumento capcioso com que se pretende enganar os meninos na fé, dizem os religiosos de plantão: "Em muitos casos, pequenas coisas que fazemos de errado e que para nós não tem nada a ver, para Deus conta muito e talvez aí seja o grande problema da pessoa não receber o batismo com o Espírito Santo."

Enfim, coisas de evangélicos pentecostais!!!


Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Deus eternamente;
Nos interesses da Igreja que Cristo edificou.

5 comentários:

Nilo disse...

Irmão James, muito boa sua colacação, as pessaos confundem batismo com Espírito Santo com dom de falar em línguas estranhas.
O Batismo no Espírito Santo é essencial na vida do cristão.
Mas, falar em línguas nem todos falam pois é dom de Deus, mas não significa que não falar em línguas estranhas, a pessoa não é batizado com Espirito Santo.
Os dois são muito importantes, mas pode acontecer da pessoa ser batizado com o Espírito Santo e receber na mesma hora o dom de falar em línguas estranhas, e pode não acontecer a pessoa não receber o dom de línguas ao ser batizado com o Espírito Santo.
Tem pessoas que conheço são batizados com o Espírito Santo, e estão caminhando no evangelho há muito tempo e não falam línguas estranhas e ficam chateados. Porque já viram um novo convertido a Jesus na fé ser batizado com Espírito santo, falar línguas estranhas na mesma hora e eles não.
Como eu disse, falar em línguas estranhas é dom de Deus, e Deus dá a quem ele achar que deve receber.
Todos devemos buscar o batismo do Espírito Santo e o dom de línguas pois é muito importante, mas não usem para fazer rasta pé, roda roda como se tivesse na macumba, e dizer que está cheio do Espírito Santo que não é assim não.
O Espírito Santo, é educado, e silencioso, não é bagunça nem barulho, e palhaçada como vemos em muitas igrejas.
Devemos lembrar-nos que temos que ter cuidado que o diabo copia quem fala línguas estranhas, e usa isto nas igrejas e muitos pensam que é de Deus.
Quando é de Deus não tem bagunça nem roda roda, nem confusão, o derramamento do Espírito Santo, gera quebrantando de corações dos fiéis cristão de Jesus, e falar línguas estranhas nos leva a ligação direta com Deus.

Discípulo de Cristo disse...

Irmão James,

Concordo com a sua postagem, quando afirmas que no meio pentecostal tradicional, principalmente na denominação centenária que o irmão frequentou (AD), é notório o pouco conhecimento das Boas Novas do Evangelho, muito orgulho e não pouca meninice "pentecostal"; sem contar com a forma discriminatória e exagerada pela busca do batismo com Espírito Santo, desprovida de entendimento do que realmente significa "O batismo com o Espírito Santo".

É preciso nascer da Água e do Espírito, ou seja, quando alguém ouve o Evangelho de Cristo não apenas pelo ouvido, mas através do coração (espírito humano), essa pessoa nasceu da Água (Palavra) por entender o plano da Salvação, e se a mesma decidir-se por andar nos Caminhos do Senhor Jesus, o Espírito Santo nascerá em seu coração, isto é, vivificará o velho homem para andar em novidade de vida.
A descrição acima significa o batismo com o Espírito Santo, independentemente se ocorreu ou não o testemunho público com a simbologia do batismo nas águas, como foi o caso do ladrão da cruz.

Entretanto, existe ainda para quem desejar e buscar, o Batismo de Fogo, que não é para salvação, mas para revestimento de poder, no sentido de receber, dons espirituais para fazer a obra de Cristo de uma forma especial e destemidamente. Quanto o falar em línguas estranhas (cifradas), é o menor do dons, pois é individualista e só edifica a si mesmo e não a Igreja como Corpo místico de Cristo.

P.S. Mais detalhes sobre o tema, acesse o meu blog no post:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/
"O FIM DE MAIS UMA POLÊMICA"

Paz Seja Contigo,
J.C.de Araújo Jorge

Missionário Luiz. disse...

Irmão James, concluindo estas colocações que foram feitas.
No livro de I João 4.1 diz: Amados, não creais em todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.
O motivo para provar todo espírito, e, pessoa impelida ou inspirada por algum espírito, é que " muitos falsos profetas" se abrigarão na igreja. Isso acontecerá, principalmente, pelo aumento da tolerância da igreja quanto a doutrinas antiblíblicas, perto do fim dos tempos; ver Mt 24.11; I Tm 4.1; 2 Tm 4.3; 2 Pe 2.1,2. O cristão deve testar todos que,sendo cristãos professos, são mestres, escritores, pregadores e profetas, e mesmo todo indivíduo que afirma que obra ou mensagem provém do Espírito Santo. O cristão nunca deve crer que certo ministério ou experiência espiritual é de Deus, somente porque alguém afirma isto. Além disso, nenhum ensinamento, nem doutrina, devem ser aceitos como verdadeiros somente por causa de sucesso, milagres, ou unção aparente da pessoa; ver Mt 7.22; I Co 14.29; 2Ts 2.8-10; 2 Jo 7; Ap 13.4; 16.14; 19.20. Qualquer ensino deve ser testado, comparando-o com a revelação da verdade de Deus, nas Escrituras; ver Gl 1.9.
A vida do mestres, do pastor, bispo etc, e de cristãos deve ser averiguada quanto ao seu relacionamento com o mundo ímpio, e ver se há o senhorio de Jesus na vida dos referidos acima; ver I Jo 4.5; 4.2,6; Rm 10.9.
Cuidado: Voce pode estar andando com o um lobo ao seu lado como amigo e diz irmão em Cristo e vai te devorar na hora certa que não esperais!

Joaquim Lima disse...

preguem o reino de Deus aos perdidos e não placa de igreja, quanto ao seu comentario do batismo declaro eu não o espirito ja que vc não dar liberdade para ele agir, e vejo que tem muitos que concordam, mas então em vez de comer carne coma legumes e seja feliz - não jugue ou zombe do que vc não conhece.

Crente desigrejado™, James disse...

.

Joaquim Lima,

Realmente eu não conheço este tal “batismo com o Espírito Santo” como os religiosos querem se mostrar, por que ele não existe.

Quanto a “julgar” eu posso e sou exortado por Cristo a fazê-lo, não para condenar, mas para mostrar a Verdade [“Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça”, João 7].

Portanto, este revestimento de poder que muitos religiosos querem, não existe, é crendice e meninice de religiosos, afinal, quando da descida do Espírito Santo no Cenáculo, sua descida foi sobre toda carne e não em meia dúzia. Ninguém é melhor que ninguém, todos somos iguais perante Deus, assim afirma a palavra divina, então como o SENHOR iria escolher alguns para dar revestimento???

É imprescindível sabermos que o SENHOR dá dons aos homens e não revestimento de poder com este suposto batismo.


Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Deus eternamente;
Nos interesses da Igreja que Cristo edificou. Amém.


James, crente desigrejado™ (desvinculado de lugares apelidados de "igrejas", a "igreja instituição" ou instituições religiosas com placas de igrejas).
Site Jesus, o maior Amor
Site DESIGREJADOS
Site Adoradores em Casas
Orkut Adoradores em Casas
Facebook Adoradores em Casas
Twitter Adoradores em Casas
Site EVANGÉLICOS, ingrejados
Site Escândalos Religiosos
Site Quando a Igreja é roubada

...
..
.