Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu;
mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.
[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome;
e quem crê em MIM nunca terá sede.
[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[669,530]

dezembro 11, 2011

Ocupar o lugar do Espírito Santo, isto não é bíblico!!


A igreja do primeiro século objetivava suas reuniões (congregados) como hoje fazem as igrejas nos lares; sem poder deixar de afirmar que em lugares mais amplos, também são feitas as reuniões.

As igrejas nos lares, cuidam que suas ofertas sejam aos pobres e necessitados, aos menos favorecidos, e não na manutenção de prédios, templos e tão pouco ao sustento de homens de títulos eclesiásticos que fizeram dos púlpitos, profissão.

As reuniões nos lares (congregados), são pela participação de todos, qualquer irmão traz uma palavra, ora, compartilha de um cântico [“Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.” - 1Coríntios 14].

As igrejas nos lares, há a prática universal do sacerdócio de todos os crentes, os membros firmam laços fortes entre os irmãos, partem o pão, refeições, com alegria, cuidam uns dos outros. Cristo é O cabeça da Igreja, e dirige as reuniões nos lares, por meio do Espírito Santo, não através de liturgia, repetitivas; os irmãos com dom ministerial [Efésios 4], são irmãos simples, pais de família, exemplo para todos, maduros na fé, ensinam e pastoreiam voluntariamente, não por torpe ganância; cuidam, amam, ensinam, para que a Igreja seja edificada, e cresçam no aperfeiçoamento, até que todos cheguem a unidade da fé, sem desvio da simplicidade do evangelho.

Contrárias ao ensinamento bíblico, a maioria das instituições religiosas com nome de igrejas, ou igrejas evangélicas (denominações), formaram-se em fortalezas religiosas, ministradas pela liturgia, dogmas, sofisma, carregadas no legalismo, sustentando seus ministros clérigos pelo fundamentalismo exacerbado;

Muitos dos membros destas chamadas igrejas, estão rejeitando a Cristo, justamente por causa das instituições igrejas. Por que nestes locais religiosos, a liderança é de homens, com seus títulos eclesiásticos, formados pela teologia (estudos de homens dizendo o que acham de Deus), criando seus livros, teses, estudos que distanciam as gentes da Verdade; nas denominações, colocam homens para conduzir os cultos, porém, na Palavra de Deus, biblicamente, não encontramos que Deus colocou um pastor ou ministro para conduzir a adoração;

É crendice humana que um homem por possuir o título de "pastor" (bispo, ou seja lá o que inventarem) é alguém colocado para dirigir uma congregação, esta idéia está nas mentes cauterizadas e não nas Escrituras, porquanto, a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil [1Coríntios 12] e não pelos títulos eclesiásticos.

A Palavra de Deus adverte aos que se auto intitulam autoridades eclesiásticas, quando questiona e sentencia: “Porventura será o homem de algum proveito a Deus? Antes a si mesmo o prudente será proveitoso” [Jó 22].

Muitos dos membros (aliciados pelos lideres) destas chamadas igrejas insistem no incentivo das contribuições para a manutenção destes locais, depreendem listas e mais listas, é papel higiênico, limpeza de esgoto, IPTU, luz, água, material de escritório, material para liturgia, enfim, somente não percorrem o caminho que Cristo nos ensinou, a ajuda aos menos favorecidos.

E alheios a gloriosa vinda de nosso Senhor e Salvador, para o dia que se chama Hoje, fazem guirlandas, campanhas, contribuições de todas as formas, dízimos, ofertas, para a aquisição de terrenos e na construção de templos, tudo em nome do suposto lugar com nome de ‘igreja’...

Afinal, no advento pelo qual, quando salvos, arrebatados, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estar sempre com o Senhor, o que será feito destas construções religiosas??

Os membros das chamadas ‘igrejas’, cansaram de ouvir que Jesus ama os pecadores, por que, demonstram não estar prontos para serem cristãos de verdade; seus ideais estão além daquilo que pelas Sagradas Escrituras está preparado para os salvos em Cristo.

Rogamos a Deus que limpe aos olhos destes tantos milhares de milhares que estão ingrejados no sistema religioso, para que possam ser livres destas amarras de coisas que são tão contrárias a Vontade e Querer divinos.

Foi pelo poder do Espírito que Deus criou o mundo e tudo que nele há, porquanto, temos a certeza que Ele é capaz de liderar os irmãos quando reunidos (congregados) para a adoração.

- Ora, quando nos reunimos em nome do Senhor [Mateus 18], porque muitos teimam na ousadia de colocar alguém para dirigir as reuniões (ou cultos)???
- Certamente, não há necessidade alguma de termos autoridades humanas em nossa adoração.
- Os crentes, congregam para a adoração e o ministério somente em nome do Senhor, e aguardam pela direção do Espírito para guiá-los; estas são as reuniões nos lares.


Vivendo Por, Em e Para Cristo; aos interesses da Igreja que Cristo edificou, e, não para instituições religiosas com nome de igreja.


_______
[176200]

2 comentários:

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamado James
A paz
Reflitamos à luz do conteúdo desta brilhante mensagem:
É muito pseudo para o nosso gosto, veja:
Pseudo igreja, pseudocristão, pseudobispo, pseudopastor, pseudoadorador...mas o que fazer se hoje estamos vivendo a fase do “FAZ DE CONTA”, em que as pessoas fazem de conta que está tudo bem.
Ha bem pouco tempo, numa das minhas postagens, resumi esta fase, que é posterior às fases do SER e do Ter, em registros indiscutíveis.
Ei-los:

- Profissionais fazem de conta que são competentes; governantes fazem de conta que se preocupam com o povo, e o povo faz de conta que acredita;

- Pais fazem de conta que educam; professores fazem de conta que ensinam, e alunos fazem de conta que aprendem;

- Pessoas fazem de conta que são honestas, lideres evangélicos fazem de conta que são chamados e "ungidos" de Deus e fiéis fazem de conta que têm fé, e que crêem;

- Doentes fazem de conta que têm saúde; criminosos fazem de conta que são dignos e honrados, e a justiça faz de conta que é imparcial.
Oremos permanentemente, no entanto, pois Jesus, o nosso Salvador, com a Sua onisciência, jamais fez ou fará de conta que desconhece aqueles que não estão em pecado, pois JESUS nos diz: “Quem ouve a minha palavra e crê nAquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” (Jo 5:24)
Estou publicando a bula da eficácia de um medicamento que criei, nominando-o KIBERNETES.
Conheça-o

Salviano Adão disse...

A paz querido James, meu nome é Salviano Adão do blog; A única verdade em sua própria bíblia. O motivo do meu contato é porque gostaria de fazer uma parceria em nome de Jesus, já postei o blog do querido em minha lista de blog, passa lá depois para dar uma conferida, e gostaria que você também postasse o meu blog em seu blog, mas essa parceria é só se quiser.
Que Deus abençoe e aguardo o seu contato.