Leitura bíblica: 23.abr.2014

"E os teus poderosos, ó Temã, estarão atemorizados, para que do monte de Esaú seja cada um exterminado pela matança.
Por causa da violência feita a teu irmão Jacó, cobrir-te-á a confusão, e serás exterminado para sempre.
No dia em que o confrontaste, no dia em que estranhos levaram cativo o seu exército, e os estrangeiros entravam pelas suas portas, e lançaram sortes sobre Jerusalém, tu eras também como um deles.
Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da angústia;
Nem entrar pela porta do meu povo, no dia da sua calamidade; sim, tu não devias olhar satisfeito o seu mal, no dia da sua calamidade; nem lançar mão dos seus bens, no dia da sua calamidade;
Nem parar nas encruzilhadas, para exterminares os que escapassem; nem entregar os que lhe restassem, no dia da angústia.
Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.
"
[ Obadias 1 ]

"gentios"
1 Emprega-se para significar aqueles povos que não eram da família hebraica (não judeus) [Levítico 25.44 - 1Crônicas 16.24];
2 Usa-se o mesmo termo para descrever os incrédulos, como em Jeremias 10.25;
3 Quando veio JESUS CRISTO, a Sua resposta aos gregos implicava que grandes multidões de gentios haviam de entrar na Sua Igreja [João 12.20,24].

Em textos neste site, poucas vezes há menção de números de versículos, na maioria, são expostos livros e capítulos bíblicos;
porquanto, o uso da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] e a meditação nos contextos bíblicos citados, trarão um mesmo entendimento pela unção do ESPÍRITO SANTO [1João 2]!!

agosto 24, 2011

Comunhão, união!! Somente em Cristo.

.
Nossa união, nossa comunhão, a nossa unidade como corpo de Cristo, os que professam o nome do Cordeiro de Deus sobre a face da terra, está, em verdade, em Cristo.

A comunhão real, em princípio, meio e fim quando diz:
- “ Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união” [Salmos 133], somente será real se ocorrer em Cristo, porém, esta união, comunhão, jamais se refere a estar somente reunidos num mesmo lugar com nome de ‘igreja’ (templo), mesmo por que, como dizer que somente há comunhão quando se estão reunidos num lugar chamado de 'igreja' (de tijolos), se todos os membros do corpo de Cristo estão espalhados pelo mundo e não podem estar num mesmo lugar ao mesmo tempo, portanto, a comunhão, união ou unidade da Igreja somente há em Cristo e não por estar reunidos num lugar!!

Cristo, o Senhor, é o centro de nossas vidas, Ele é o Caminho da comunhão, da união, da unidade, do nosso viver, e não por alguns princípios doutrinários de boa fé, de pessoas boazinhas;

Somente se alcança a comunhão, a unidade em Cristo, e esta será mantida pelo Espírito e não por homens que se acham lideres religiosos.

É impossível que forcemos uma unidade do corpo do Cristo, não a criamos como que por uma convocação; Ela existe na comunhão do Pai, e do Filho, pelo Espírito Santo.

Quando, pela misericórdia de Deus, constrangidos pela unção do Espírito Santo, passamos a viver pela Palavra de Deus e por conseguinte, firmados no entendimento de qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus [Romanos 12], participamo-nos desta maravilhosa comunhão, unidade do Pai e do Filho.

Há inúmeros esforços para se fazer uma unidade, união, porém, esta é feita através de esforços humanos, por vontade de homens, na fundação e criação de lugares com nome religioso (construindo templos de pedras), e não por Cristo, o cabeça da Igreja;

Quando, pois, nos permitimos em ser guiados, liderados pelo Espírito Santo, entenderemos a unidade do corpo de Cristo, como disse o Senhor: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” [João 17].

E, portanto, pela ação do Espírito Santo podemos afirmar e dizer o que ouvimos e “isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo” [1João 1].

A comunhão, união ou unidade, não existe em templos ou lugares que se chamam de ‘igreja’, mas, a unidade perfeita está em procurar “guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz” [Efésios 4].

Enfim, nestes corpos mortais, necessário se faz que nossa união, comunhão, unidade como Igreja, se faça, pois, em Cristo que no céu está, entronizado na glória de Deus!!


Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.
.
_______
[132319]

3 comentários:

brait disse...

OLA AMADO IRMÃO JAMES,

QUE SIGAMOS SEMPRE EM UNIÃO COM E EM CRISTO, PARA QUE COM NOSSA FÉ E PERSEVERANÇA TENHAMOS HERANÇA ETERNA COM JESUS NOSSO SALVADOR!

FIKE EM PAZ E NO AMOR DE JESUS NOSSO REI!

James, crente desigrejado! disse...

.

A graça, a paz, e o amor vos sejam multiplicados.


Irmão amado, brait,


O Senhor Deus vos abençoe e aos seus ricamente, e nos fortaleça nesta unidade pelo vínculo da paz, mesmo não nos conhecendo pessoalmente, mas trazendo o amor de Deus em nossos corações que nos fazem irmãos em Cristo.


Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.


James, crente desigrejado de instituições religiosas com nome de igreja.
Site Jesus, o maior Amor
Site "Adoradores em Casas"
Orkut "Adoradores em Casas"
Facebook "Adoradores em Casas"
Twitter “Adoradores em Casas”


...
..
.

Missionário Barbosa disse...

Irmão James, graça e paz de Jesus Cristo de Nazaré seja com o irmão e com todos os irmãos espalhados nesta terra.
O SIGNIFICADO DO TEMPLO PARA A IGREJA CRISTÃ.
A importância do templo no NT deve ser considerada no contexto daquilo que o templo simbolizava no AT.
1- O próprio Jesus, assim como os profetas do AT, censurou o uso indevido do templo. Seu primeiro grande ato público; leia
( João 2.13-17) e o seu último; veja em ( Mateus 21.12,13) foram expulsar do templo aqueles que estavam pervertendo o seu verdadeiro propósito espiritual; leia
(Lucas 19.45). Passou a predizer o dia em que o templo seria completamente destruído; leia
(Mateus 24.1,2; Marcos 13.1,2; Lucas 21.5,6).
2- A igreja primitiva em Jerusálem estava frequentemente no templo à hora da oração; leia( Atos 2.46; 3.1; 5.21,42). Assim faziam segundo o costume, sabendo, contudo, que esse não era o único lugar onde os cristãos podiam orar; leia (Atos 4.23-31). Estevão, e posteriormente Paulo, testemunharam que o Deus vivo não podeira ser confinado a um templo feito por mãos humanas; leia Atos 7.48-50; 17.24.
3- A ênfase do culto, para os cristãos, transferiu-se do templo para o próprio Jesus Cristo. É Jesus, e não o templo, quem agora representa a presença de Deus Pai entre o seu povo. Jesus é o Verbo de Deus que se fez carne; leia João 1.14, e nEle habita toda a plenitude de Deus; leia Colossenses 2.9. O próprio Jesus declara ser Ele o próprio templo; leia João 2.19-22. Mediante o seu sacrifício na cruz, Jesus Cristo de Nazaré cumpriu todos os sacrifícios que eram oferecidos no templo; leia Hebreus 9.1; 10.18.
Note também que na sua fala à mulher samaritana, Jesus declarou que a adoração dentro em breve seria realizada, não num prédio específico, mas "em espírito e em verdade", e onde as pessoas verdadeiramente cressem na verdade da Palavra de Deus e recebessem o Espírito de Deus por meio de Jesus Cristo; leia
João 4.23.
4- Posto que Jesus Cristo personificou em si mesmo o significado do templo. e posto que a igreja é o seu povo; leia
Romanos 12.5; I Coríntios 12.12-27; Efésios 1.22,23; Colossenses 1.18, ela é denominada "O Templo de Deus", onde habita Cristo e o seu Espírito; leia
I Coríntios 3.16; 2 Coríntios 6.16; Efésios 2.21,22.
Mediante o seu Espírito, Jesus habita na sua igreja, e requer que o seu corpo seja santo.
Assim,como no AT, Deus não tolerava qualquer profanação do seu templo, assim também Ele promete que destruíra quem destruir a sua igreja; leia
I Crônicas 3.16,17, para exemplos de corrupção e destruição da igreja por pessoas.
5- O Espírito Santo não somente habita na igreja, mas também no cristão individualmente como seu templo; leia I Coríntios 6.19. Daí, a Bíblia advertir enfaticamente contra qualquer contaminação do corpo humano por imoralidade ou impureza; leia I Coríntios 6.18,19.
6- FINALIZANDO:
Finalmente, note que não há necessidade de um templo na Nova Jerusalém; leia Apocalipse 21.22. A razão disso é evidente.
O templo era apenas um símbolo da presença de Deus entre o seu povo, e não a plena realidade.
Portanto, o templo não será necessário quando Deus e o Cordeiro Jesus Cristo estiverem habitando entre o seu povo: " O SEU TEMPLO É O SENHOR, DEUS TODO-PODEROSO, E O CORDEIRO "JESUS CRISTO DE NAZARÉ" OH! GLÓRIAS!
Leia Apocalipse 21.22.