junho 21, 2008

Conhecendo a Bíblia - 8ª parte

...

RUTE

Relata, aproximadamente, uns 10 anos, provavelmente, durante o tempo dos juízes, talvez durante o tempo de Gideão, história da vida normal de uma família durante a época dos juízes.

Uma mulher procurando "descanso" (1.9; 3.1) - casamento.

A História de amor; de uma mulher e sua sogra.

Tradição - Lida no fim da safra, a Páscoa.

Cristo - O Redentor voluntário do teu povo. A Igreja é a Sua noiva.

- Os estrangeiros podem ser redimidos.

- Pela escolha, determinou seu fim: Orfa à obscuridade. Rute à nobreza (Mt 1.5)

  • Os estudiosos discordam quanto à data do livro, porém o seu cenário histórico é evidente. Os episódios relatados nos livro de Rute se passam durante o período de Juízes, sendo parte daqueles eventos que ocorrem entre a morte de Josué e a ascensão da influência de Samuel (provavelmente 1150 e 1100 aC).

A tradição rabínica assegura que Samuel escreveu o livro na segunda metade do séc. XI AC, há evidências na linguagem da obra bem como referencias a costumes peculiares próprios do séc. XII aC que recomendam a aceitação da data mais antiga. É razoável supor que Samuel, que testemunhou o declínio do reinado de Saul e foi divinamente instruído para ungir Davi como escolhido de Deus para o trono, tivesse redigido o livro. Uma história tão comovente como essa certamente já teria sido passada adiante oralmente entre o povo de Israel, e a genealogia que a conclui indicaria uma conexão com os patriarcas, oferecendo assim uma resposta a todos aqueles que, em Israel, indagassem pelo passado familiar do seu rei.

Cristo Revelado

Boas representa uma das mais dramáticas figuras do Antigo Testamento que antecipa a obra redentora de Jesus. A função de “parente remidor” cumprida de forma tão elegante nas ações que promoveram a restauração pessoal de Rute, dá testemunho eloqüente a respeito disso. As ações de Boaz efetuam a participação de Rute nas bênçãos de Israel e a incluem na linhagem familiar do Messias (Ef 2.19).

Eis aqui uma magnífica silhueta do Mestre, antecipando em muitos séculos a sua graça redentora. Como nosso “parente chegado”, Ele se torna carne — vindo como um Ser humano (Jo 1.14; Fp 2.5-8).

...

4 comentários:

Anchieta Campos disse...

Passando somente para reforçar minha admiração pelo teu trabalho e dizer que cada um dos seus artigos sobre a Palavra de Deus estão sendo incluídos em minha pasta de bibliologia. Louvado seja o nome do Senhor por isso.

Abraços fraternos meu caro irmão. Deus te abençoe e use cada vez mais.

Fica na paz do Senhor.

Anchieta Campos

james disse...

A Graça e a Paz estejam convosco, amado irmão Anchieta.

Deus o abençoe pela honrosa visita ao nosso humilde blog.

Louvado seja o nome Santo do Senhor.

Tudo seja feito para honra e glória do Senhor.

Fraternalmente.
James.

Agnaldo Gomes disse...

Olá irmão, tudo na Paz?
Mudei o nome e o endereço do meu blog.
Quando puider dá uma passadinha lá e confira.
Um abraço,
Agnaldo

Na Mesma Altura disse...

Gosto muito de Rute.

Visitarei mais seu blog.

PAZ