Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.mar.2017, Mateus 18

Porque o FILHO do homem veio salvar o que se tinha perdido.
[Lucas 19.10,56; Mateus 9.12-13; 10.6; 15.24]
Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
[Lucas 15.4-7; Ezequiel 34.12; Mateus 21.28; 1Reis 21.17]
E, se porventura a acha, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela, do que pelas noventa e nove que se não desgarraram.
[Salmos 147.11; Isaías 53.11; 62.5; Jeremias 32.37-41]
Assim também não é a vontade de vosso PAI, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca.
[João 17.12; Isaías 40.11; Zacarias 13.7; Mateus 5.16]

[611,265]

agosto 07, 2014


A UNÇÃO é espiritual, não um artigo!!

[393,200]

Contexto bíblico 1João 2:

"E vós tendes a unção do SANTO, e sabeis todas as coisas."

Um dos argumentos capciosos com que se pretende enganar no meio religioso, das instituições religiosas apelidadas de 'igrejas' (igreja instituição) e mal compreendido é sem dúvidas, a UNÇÃO;

Nos primórdios da Palavra de DEUS [contida na Bíblia], Antigo Testamento, faz referência a pessoas, como profetas, sacerdotes, e até reis gentios, animais e objetos literalmente sendo ungidos, e para muitos fins, inclusive no sentido da função ou cargo;

"¶ E o sumo sacerdote entre seus irmãos, sobre cuja cabeça foi derramado o azeite da unção, e que for consagrado para vestir as vestes, não descobrirá a sua cabeça nem rasgará as suas vestes" [Levítico 21];

E ainda,

"tomarás o azeite da unção, e ungirás o tabernáculo, e tudo o que há nele; e o santificarás com todos os seus pertences, e será santo" [Êxodo 40].

Então, religiosos, lideranças eclesiásticas, pela falta de entendimento de seus seguidores, tem usado o termo bíblico da UNÇÃO como forma de engano, na crendice como uma suposta sensação física, como que poderia ser tocada; nada mais patético e nojento!!

Alguns religiosos, mais exaltados, em sons histéricos, gritam palavras em jargões bíblicos dizendo receberem alguma 'unção' e no manuseio de multidões, levando pessoas às emoções, carnais, e para estas cenas deploráveis, lideranças eclesiásticas dizem da 'unção' sobre si; mentirosos e tenebrosos corruptos da fé ungindo chaves de e carros, casas, canetas, bugigangas, e uma infinidade de outras tolices para tolos evangélicos e católicos.

Entretanto, em o Novo Testamento a UNÇÃO encontrou melhor compreensão e seu significado tornou-se espiritual, e para tanto, JESUS sendo designado como CRISTO ou UNGIDO, iniciou Seu ministério terreno, não para uma unção com óleo, mas, sim Ungido pelo ESPÍRITO SANTO.

Contrariando o que as lideranças eclesiásticas ensinam, a Palavra de DEUS [contida na Bíblia] nos testifica que homem nenhum é consagrado para ser ungido, sem jamais receber exortação por não ser poderoso em demasia.

Homens são para obedecer e não para ungir.

A única e verdadeira UNÇÃO é de DEUS!

Assim, por Seu beneplácito, somente DEUS ungirá e ungi aos que nomeia, aos que se submetem à Sua vontade, de obediência em humildade:

"E a UNÇÃO que vós recebestes dELE, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a Sua UNÇÃO vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ELA vos ensinou, assim nELE permanecereis" [1João 2].


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Nenhum comentário: