Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 14.abr.2017, Jeremias 18

Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Não poderei EU fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na Minha mão, ó casa de Israel.
[Isaías 64.8; 45.9; Mateus 20.15; Jeremias 18.4; Daniel 4.23]
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
[Jeremias 1.10; 12.14-17; 25.9-14; 45.4; Amós 9.8]
se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também EU ME arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
[Jeremias 26.3,13; Ezequiel 18.21; Juízes 2.18]

[628,570]

fevereiro 23, 2011

Pentecostes: “E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador”...

.
Há alguns momentos memoráveis na Bíblia que estão passando por despercebidos em nosso cotidiano;

E um destes momentos, sem dúvida alguma, é o cumprimento da promessa de Joel 2, “E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões”, promessa esta cumprida no dia de Pentecostes, conforme nos relata Pedro [Atos 2]. Aleluia!!

Revendo a história bíblica, poderemos entender que Pentecostes era uma das grandes festas de Israel, e acontecia cinquenta dias após a Páscoa, ou seja, Pentecostes dir-se-á quinquagésimo [Deuteronômio 16; Levítico 23].

Eram contados, quarenta e nove dias após o oferecimento movido diante do Senhor, e no quinquagésimo dia, o Pentecostes, eram movidos diante de Deus dois pães; os primeiros feitos da colheita do trigo.

Não se podia preparar, comer, nenhum pão antes de oferecer os primeiros a Deus, mostrando assim, que era aceita a Sua soberania.

E quanto ao dia de Pentecostes relatado em Atos??

Jesus antes de ser flagelado, antes de Seu sofrimento, em um momento de amor para com Seus discípulos [João 15; 16] faz um relato maravilhoso da promessa, vinda e da necessidade veemente do Espírito Santo, pois que, " convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado" [João 16];

Portanto, cinquenta dias após a ressurreição de Cristo (lembremos da festa do Pentecostes), sendo "Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós", cumpriu-se, Jesus derramou o Espírito Santo sobre todos no dia de Pentecostes, veio de repente do céu um som como de um vento, e todos os cento e vinte discípulos esperaram com paciência no mesmo lugar para o qual Jesus havia determinado, foram cheios do Espírito Santo;

O Pentecostes foi a evidência da glorificação de Cristo; a descida do Espírito de maneira sobrenatural, constata a chegada de Jesus a mão direita de Deus, e que sem dúvida alguma, traz o testemunho da aceitação do sacrifício vicário de Cristo ["E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna" - Hebreus 9]. Aleluia!!

Somos identificados por Deus através do Espírito Santo que habita em nós.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.
___________

Um comentário:

Missionário Barbosa disse...

Irmão James, graça e paz de Jesus Cristo o "SENHOR", que vivi e vive para todo sempre Amém!
" O PENTECOSTE, JESUS E O ESPÍRITO SANTO"
Jesus Cristo tinha um relacionamento especial com o Espírito Santo, relacionamento este importante para nossa vida pessoal.
Quando Jesus fez referência ao cumprimento da profecia de Isáias averca do poder do Espírito Santo sobre Ele, usou também a mesma passagem para sintetizar o conteúdo do seu ministério, a saber: Pregação, Cura e Libertação; leiam Isáias 61.1,2; Lucas 4.16,19.
1- O Espírito Santo ungiu Jesus e o capacitou para sua missão. Jesus Cristo era Deus, mas também homem; leiam João 1.1. I Timóteo 2.5. Como ser humano, Jesus dependia da ajuda e do poder do Espírito Santo para cumprir as suas responsabilidades diante de Deus; leiam Mateus 12.28; Lucas 4.1,14; romanos 8.11; Hebreus 9.14.
2- Somente como homem ungido pelo Espírito Santo, Jesus podia viver, servir e proclamar o evangelho; leiam Atos 10.38.
Nisto, Jesus é um exemplo perfeito para o cristão; cada cristão deve receber a plenitude do Espírito Santo; leiam Atos 1.8; 2.4.
"A PROMESSA DE JESUS QUANDO AO ESPÍRITO SANTO": João Batista profetizara que Jesus batizaria seus seguidores no espírito santo, profecia esta que o próprio Jesus reiterou. Em Lucas 11.13, Jesus prometeu que daria o Espírito Santo a todos quantos lhe pedissem; leiam Mateua 3.11;
Marcos 1.8; Lucas 3.16 João 1.33; atos 1.5; 11.16. Todos estes versículos acima referem-se à plenitude do Espírito Santo, que Cristo prometeu conceder àqueles que já são filhos do Pai celestial- promessa esta que foi inicialmente cumprida no Pentecoste; leiam Atos 2.4 e permanece para todos que são seus discípulos e que pedem o batismo no Espírito Santo.; leiam
Atos 1.5; 2.39.
CONCLUINDO: Como uma das suas missões atuais, o Espírito Santo toma aquilo que é de Jesus Cristo e o revela ao cristãos. Isso quer dizer que os benefícios redentores da salvação em Cristo nos são mediados pelo Espírito Santo. O mais importante é que Jesus está bem perto de nós. O Espírito nos torna conscientes da presença pessoal de Jesus, do seu amor, da sua bênção, ajuda, perdão, cura, salvaçao aos homens perdidos e tudo quando é nosso mediante a fé. Semelhantemente, o Espírito Santo atrai nosso coração para buscar ao SENHOR com amor, oração, devoção e adoração; leiam João 16.14,15; Romanos 8.14,16; Gálatas 4.6;
João 14.18; 4.23,24; 16.14.
Jesus Cristo de Nazaré prometeu voltar e levar para si o seu "povo fiel", para estar com Ele para sempre. Esta é a bendita esperança de todos so cristãos, o evento pelo qual oramos e ansiamos.
As Escrituras revelam que o Espírito Santo impulsiona nosso coração a clamar a Deus pela volta do nosso "SENHOR JESUS CRISTO". É o Espírito Santo quem testifica que nossa redenção permanece incompleta até a volta de Jesus Cristo de Nazaré.
No final da Bíblia, temos estas últimas palavras que o Espírito Santo inspirou: "ORA, VEM, SENHOR JESUS; APOCALIPSE 22.20. E leiam
João 14.3; I tessalonicenses 4.13,18; Tito 2.13; 2 Timóteo 4.8; Romanos 8.23.
Irmão James, Deus te abençõe, com bençãos celestiais em Cristo Jesus, e também todos os seus familiares.
Que o poder do Espírito Santo esteja com todos os nossos irmãos que estão fiéis na Palavra de Deus. Amém!