Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 28.mar.2017, Atos 22

E ele disse: O DEUS de nossos pais de antemão te designou para que conheças a Sua vontade, e vejas aquELE Justo, e ouças a voz da Sua boca.
[Atos 26.16; 1Coríntios 9.1; 15.8]
Porque hás-de ser Sua testemunha para com todos os homens do que tens visto e ouvido.
[Atos 1.8; 23.11; 4.20; Lucas 24.47-48; João 15.27]
E agora porque te deténs? Levanta-te, e baptiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do SENHOR.
[Atos 2.21,38; Hebreus 10.22; 1Coríntios 6.11]

[616,240]

julho 29, 2009

A tradição evangélica

.
Vez por outra, somos abordados por pastores e muitos de seus seguidores que, afirmam sermos transgressores da tradição das igrejas, chegando a agressão verbal!!

Mas, porém, questiono: Porque eles transgridem, também, o mandamento de Deus pela suas tradições?

Bem profetizou Isaías a respeito destes pregadores insanos da busca infindável de enriquecimento e bem estar material, dizendo:

Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim” (Isaías 29).

Em vão adoram a Deus, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens, onde inseriram as normas do que seja “pecado” aos seus próprios olhos e não diante de Deus!!

Criam doutrinas tais que, distorcidas da Palavra de Deus, lhes acarretam privilégio sobre o rebanho, se sentem superiores, desfilam um conhecimento que não traz edificação aos irmãos, o que sai de suas bocas contaminam grandes massas, procede do coração, e é por isso que contamina, pois, tudo o que apresentam são frutos do próprio ventre e não de Deus, motivo este que se escandalizam quando trazemos a verdade bíblica, quando divulgamos as boas novas de salvação!!

Mas, eles que não se iludam, os pregadores de que o povo de Deus tem por obrigação em ser próspero: “Toda a planta, que meu Pai celestial não plantou, será arrancada”.

São condutores cegos! “Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova”.

Estes condutores e seus seguidores vivem do que procede do coração, e de seus corações procedem os maus pensamentos, avareza, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.

.

julho 23, 2009

Deus, Mercador de bênçãos???!!

.
As Sagradas Escrituras divinamente inspiradas, nos agracia que, todas as coisas foram preparadas desde a fundação do mundo (Mateus 13.35; 25.34; Lucas 11.50; João 17.24; Efésios 1.4; Hebreus 4.3; 9.26; 1Pedro 1.20; Apocalipse 13.8; 17.8), por assim dizer, o Senhor Deus onipotente, onipresente e onisciente, pode tudo, estando em toda parte, conhecendo perfeitamente e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras...

Os relatos divinos do Antigo Testamento nos trazem um Israel, o ungido de Deus, o povo escolhido, em meio as promessas advindas pela aliança que o Senhor fez com Abraão, e através de Moisés enviou ao povo escolhido Suas leis, estatutos e juízos.

Porém, a maioria deste Israel preferiu não servir a Deus. Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos.

Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios
(nós!!!), para incitá-los à emulação.

Assim sendo, pela graça de Deus, os gentios, sendo zambujeiros, fomos enxertados em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, participantes da glória de Deus, para tanto, devemos, pois, crer no Senhor Jesus (Romanos 10.9-13).

E todo aquele que crê, busca servir ao Senhor dos senhores, e aquele que serve, ouve as palavras do Senhor e Mestre, porque Jesus nos deu exemplo, para que, como Ele fez, façamos nós também...

E, muito bem sabemos que, em Seu ministério terreno, teve uma vida humilde, trabalhosa, sem conforto, e disse Jesus em Mateus 8: “As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça”.

Assim como Jesus, nossos irmãos da igreja primitiva viveram uma vida modesta, humilde e sem a necessidade de busca material, vendiam suas propriedades e traziam o preço do que fora vendido e o depositavam aos pés dos apóstolos, em verdade, ofertavam tudo e não dizimavam do preço da venda em troca de bênçãos materiais!!!

Bem como, nossos irmãos apóstolos, por sua vez, também nada possuíam, apesar de todo o preço das vendas de propriedades estarem sob suas responsabilidades, como podemos contemplar o relato bíblico dos apóstolos Pedro e João (Atos 3) que, diante um coxo que pedia esmolas, afirmaram nada possuir, nem ouro nem prata!!

Nossos amados irmãos, os primeiros cristãos, viveram uma vida de pleno amor a Jesus Cristo, ouviram a voz do Bom Pastor:

De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” (Mateus 6).

Mas, o nosso tempo presente, registra-se por um povo ganancioso e avarento, seguidor de homens presunçosos, amantes de si mesmos, pregadores da famigerada de todas as pregações, a pregação baseada em que através do ato de dizimar (utilizando o profeta Malaquias, que falou ao povo de Israel), acarretará em derramamento de bênçãos...

... é um desvio doutrinário, um vento mau, enganando multidões que se permitem serem enganadas, é um evangelho perverso que transforma homens em deuses e desvirtua a verdadeira mensagem de Cristo para salvação das almas...

... e tentam fazer de Deus, um Mercador de bênçãos!!

.

julho 21, 2009

A vinda do Senhor.

.
A Palavra de Deus nos desperta com exortação o nosso ânimo sincero; Para nos lembrar das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do mandamento, aos apóstolos do Senhor e Salvador.

Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da Sua vinda? Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

Eles voluntariamente ignoram isto, que pela Palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. Pelas quais coisas pereceram o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio, mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia e se introduzem no meio do povo de Deus, trazendo heresias e coisas passadas que foram impostas a Israel, desvirtuando o povo para a busca das coisas materiais; mas o Senhor é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas nos convêm ser em santo trato, e piedade, aguardando, e apressando-nos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?

Mas nós, segundo a Sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.

Por isso, aguardando estas coisas, procuremos que dEle sejamos achados imaculados e irrepreensíveis em paz. E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; Como também o nosso amado irmão Paulo escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os inconstantes intelectualizados torcem para sua própria perdição.

Nós, portanto, sabendo isto de antemão, nos resguardemos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejamos juntamente arrebatados, e descaiamos da nossa firmeza; Antes crescer na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A Ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém!


.

julho 18, 2009

Cultivando os frutos do Espírito

.
Resta, irmãos meus, que nos regozijemos no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para nós.

Guardai-vos dos cães (pastores que muitos acham serem homens de Deus), guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos das obras da lei mosaica; Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.

Mas o que para nós era ganho reputamos perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofremos a perda de todas estas coisas, e as consideramos como escória, para que possamos ganhar a Cristo, e sejamos achados nEle;

Não tendo a minha justiça que vem da lei (dízimos malaquianos, guardo do sábado, aliança do Antigo Testamento), mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé;

Para conhecê-Lo, e a virtude da Sua ressurreição, e a comunicação de Suas aflições, sendo feito conforme a Sua morte; Para ver se de alguma maneira possamos chegar a ressurreição dentre os mortos.

Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.

Irmãos, quanto a mim, não julgo que O haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigamos para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

Por isso todos quantos buscamos ser perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vo-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo.

Sede, pois, imitadores de nosso amado irmão Paulo, e tende cuidado, segundo o exemplo que temos nele.

Porque muitos há, dos quais muitas vezes falamos, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas.

Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o Seu corpo glorioso, segundo o Seu eficaz poder de sujeitar também a Si todas as coisas.

.

julho 14, 2009

O povo santo é trouxa??!!

.
Jesus, através de Paulo, ensina que as ofertas dos crentes devam ser de acordo com sua prosperidade (1Coríntios 16.1-2). Temos que dar com amor, generosidade e alegria, conforme tencionamos em nossos corações (2Coríntios 8.1-12; 9.1-9).

Entretanto, um dos maiores (não ao meu ponto de vista) pregadores de mídia, nos classificou de trouxas por que, quando de nossas ofertas, ofertamos ao Senhor de coração e não para comprar bênçãos...

O Senhor Jesus nos agracia com Seu infinito Amor, nos garantindo que não precisamos ser ansiosos por nossa vida material, mas, o pop star evangélico prega que devemos ofertar e esperar pelo pagamento imediato de Deus!!!

Notamos ainda, que as bênçãos de Deus são pelo de beneplácito de Sua vontade e não por ofertar o que quer que seja:

O qual nos tempos passados deixou andar todas as nações em seus próprios caminhos. E contudo, não se deixou a si mesmo sem testemunho, beneficiando-vos lá do céu, dando-vos chuvas e tempos frutíferos, enchendo de mantimento e de alegria os vossos corações” (Atos 14) e

Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos” (Mateus 5)

Sobre a compra e o recebimento das bênçãos materiais, nosso Senhor Jesus Cristo assim nos assevera:


"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir.
...
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
...
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal
".

Há também, uma situação interessante, a Palavra de Deus nos diz em Mateus 10, ... "de graça recebestes, de graça dai"...

Então, porque quando se oferta a Deus, deve-se esperar algo em troca???



Mais vale um trouxa no céu, que muitos cães no inferno!!!

.

julho 11, 2009

Títulos e paparicações...

.
Os títulos são um assunto que, vez por outra, está sempre em evidência, assim como os dízimos. Mas, uma coisa é certa, como é vaidoso o homem! Basta um título qualquer e ele já se incha...

Jesus sempre foi enfático em nos agraciar com Seu amor e ensino, chamando-nos ao discipulado e nos exortando... “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas” (Mateus 11).

Então, nos deparamos com homens amantes das primeiras cadeiras ou das em destaques em púlpitos, desfilando seus títulos religiosos e/ou nomenclaturas eclesiásticas!

Muitos se deleitam em títulos, vislumbram ser algo por causa de um título ou encargo.

Alguns nem sequer chamam-nos de “irmão”, pois, seus títulos são muito aquém de nós pobres mortais...

Há um desfile de algumas nomenclaturas eclesiásticas religiosas, títulos que nem encontramos na própria Bíblia!!

Aliás, a apresentação soberba é sempre a mesma:
- Aqui quem fala é o PASTOR fulano de tal!!
- Eu sou o REVERENDO (???) cicrano!!!
- Eu, o APÓSTOLO (???) beltrano!!!

E milhares são os que vivem paparicando estes soberbos intitulados, muitos vivem no puxasaquismo, muito embora a Palavra de Deus já nos alertar em João 12, “Porque amavam mais a glória dos homens do que a glória de Deus”.

Nem mesmo o Senhor Jesus jamais demonstrou superioridade, sempre exaltou ao Pai: ... “Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus”.

Por fim, aos que anseiam por título ou encargo eclesiástico, um rótulo religioso, ser chamado de líder de alguma coisa na igreja, aprendam o que nos ensina a Palavra em Filipenses 2, como é o exemplo que Jesus nos traz de como sermos humildes:

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome


.

julho 08, 2009

A unidade da fé...

.
É necessário que andemos como é digno da vocação com que fomos chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-nos uns aos outros em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.

Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens.

Ora, isto - Ele subiu - que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?

Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas!

.

julho 05, 2009

Perseverar, amor fraternal, humildade e santidade!

.
Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.

E em nada vos espanteis dos que resistem, o que para eles, na verdade, é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isto de Deus.

Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nEle, como também padecer por Ele, tendo o mesmo combate que em Paulo tendes visto.

Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.

Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.

Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a Si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

E, achado na forma de Homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz.

.

julho 02, 2009

UTILIDADE PÚBLICA: SAMU x CELULAR

.
As ambulâncias e emergências médicas perceberam que muitas vezes nos acidentes da estrada os feridos têm um celular consigo.

No entanto, na hora de intervir com estes doentes, não sabem qual a pessoa a contatar na longa lista de telefones existentes no celular do acidentado.

Para tal, o SAMU lança a idéia de que todas as pessoas acrescentem na sua longa lista de contactos o NUMERO DA PESSOA a contatar em caso de emergência.

Tal contacto deverá ser feito da seguinte forma: "AA Emergência" (as letras AA são para que apareça sempre este contato em primeiro lugar na lista de contatos).

É simples, não custa nada e pode ajudar muito ao SAMU ou quem nos acuda.

Se lhe parecer correta a proposta que lhe fazemos, passe esta mensagem a todos os seus amigos, familiares e conhecidos. É tão-somente mais um dado que registramos no nosso celular e que pode ser a nossa salvação...



Reenvie-o a quem possa dar-lhe uma boa utilidade.



Ministério da Saúde


Prezado Blogueiro,

Não há nenhuma orientação por parte do Ministério da Saúde sobre esse informativo que circula na internet e e-mails orientando as pessoas a colocar em seus celulares contatos de parentes que devam ser localizados em caso de emergência.

O SAMU atende os casos cardio-respiratórios, trabalhos de parto, crises hipertensivas, acidentes quando houver vítimas e transferência de doentes de uma unidade hospitalar para outra.

A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação Médica que identificam a urgência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o primeiro diagnóstico da situação iniciando o atendimento com orientações sobre as primeiras ações ao paciente, ou à pessoa que realizou a chamada.

Ao mesmo tempo, o médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um serviço de saúde adequado à solicitação; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com auxiliar de enfermagem e socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma ambulância com médico e enfermeiro, equipada com todo suporte de atendimento intensivo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 funciona 24 horas por dia e é acionado com uma chamada gratuita para o número de acesso universal 192.

Conheça mais sobre o serviço aqui: http://bit.ly/99hETM

Atenciosamente,

Ministério da Saúde
Para mais informações: fernanda.scavacini@saude.gov.br


.
_____________