Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 14.abr.2017, Jeremias 18

Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Não poderei EU fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na Minha mão, ó casa de Israel.
[Isaías 64.8; 45.9; Mateus 20.15; Jeremias 18.4; Daniel 4.23]
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
[Jeremias 1.10; 12.14-17; 25.9-14; 45.4; Amós 9.8]
se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também EU ME arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
[Jeremias 26.3,13; Ezequiel 18.21; Juízes 2.18]

[628,570]

janeiro 20, 2008

Santificação nas Vestes

Muito temos lido sobre o tipo de roupa usada pelos membros nas igrejas protestantes, ou melhor, agora, quase nada. Embora ser um dos temas mais polêmicos, entretanto, menos falado, o uso inadequado das vestes tem sido algo que os “chefes” de grandes igrejas usam para atrair o maior número possível de almas, sedentas por Deus, principalmente, nos últimos anos.

Tenho quase meio século de vida, e na adolescência notava que todas as igrejas protestantes daquela época, meados dos anos 70, todas mesmo, nas batistas, nas assembleianas, as mulheres crentes, em sua totalidade, usavam saias, os homens camisas abotoadas até o pescoço, manga comprida, e isso pasmem, debaixo de um sol escaldante. Mas tudo mudou!!!

Século XXI, chega de passado, Deus quer só o coração!! Uma senhora que se dizia presbítera (aliás, na minha Bíblia, um presbítero tem que ser marido de uma mulher, nem em dicionário consta tal termo; mas isto é um outro assunto), disse-me que eu lia muita Bíblia, e “que não havia o menor problema de um homem ir à igreja de bermuda”!!!Meu Deus!! Senhor da glória!!

O que aconteceu com a santidade da igreja??Devemos nos permitir ser ousados, mas ousados no Senhor, em viver uma vida santa em temor a Deus. Ter temor de Deus, não é ter medo de Deus, mas fazer a vontade de Deus. Separar do mundo, da moda atual. Quando Jesus nos liberta, Ele nos resgata de todos os vícios, da soberba, da vaidade, da avareza. Somos libertos por Jesus Cristo, porque estar preso às modas do mundo??

Uma coisa podemos ter certeza, que o Senhor não quer ver o mundo dentro da igreja, pois somos tirados para fora, somos tirados do mundo. Jesus por várias vezes quando era ameaçado se retirava para fora.

Veja um comentário de um editor de revistas, “Mas, nos anos 60, as moças adotaram a minissaia como afronta ao jugo moral imposto pelo homem e para promover a liberação das gerações femininas futuras. Foi uma febre que então se espalhou muito mais rapidamente que as calças compridas para mulheres, um outro signo de rebeldia.” (Alcino Leite Neto, 46, é editor de Domingo da Folha e editor da revista eletrônica Trópico.)

Com este simples comentário, podemos notar que nunca foi normal o uso de calça pelas mulheres, antes, porém, passara a ser símbolo de rebeldia.

Assim nos fala o Senhor:“Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao SENHOR teu Deus.” (Deuteronômio 22:5)

Onde fica então a calça masculina e calça feminina?? Basta somente dizer que é calça feminina que não é “traje de homem”?? Pura enganação dos pregadores da teologia moderna.

Podemos ter certeza que o Senhor nos adverte quanto a nossa maneira de vestir, qual tipo de roupa usarmos!! Não se iluda, “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” (Hebreus 13:8)

Devemos estar apercebidos pela Palavra de Deus. Devemos ter esperança na vinda de Jesus para nos levar para o céu, para a Jerusalém Celeste. O céu não é o Socor (onde o problema é coração), mas a Morada do Altíssimo, onde os santos estarão pela eternidade adorando o Senhor Deus Todo-Poderoso.

Nossos irmãos Paulo e Pedro admoestando e exortando a igreja à santificação e a postura das santas mulheres, no uso de seus vestidos, afirmam que não importa o que seja o exterior, entretanto, que as vestes sejam modestas com pudor. Notamos que, tanto Paulo como Pedro, chamavam a atenção para a simplicidade da mulher cristã.

Será que o pastor Pedro e o missionário Paulo admitiriam mulheres com os ombros à mostra, decotes ousados mostrando a metade dos seios, pernas também à mostra, calças e bermudas mostrando a silhueta do corpo feminino, podendo inclusive ver até a marca da roupa íntima, enfim, como as mulheres que se dizem protestantes hoje comparecem às igrejas?? (leiam-se protestantes: igrejas batistas, assembleianas, Deus é amor, renascer, Reino de Deus, etc, etc); apenas uma observação... se dentro das igrejas usam este tipo de vestimenta, o que dizer fora!! O Senhor nos vê em qualquer lugar!!

Mas pelo contrário, nossos irmãos afirmam:

“Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos,” (1Timóteo 2:9)

“O vosso adorno não seja o enfeite exterior, como as tranças dos cabelos, o uso de jóias de ouro, ou o luxo dos vestidos,” (1Pedro 3:3)

Quanto as demais, que em rebeldia afirmam que não há nada em usar qualquer tipo de roupa na igreja ou em outro lugar qualquer, adverte Paulo:

“Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” (1Coríntios 15:19)

Nenhum comentário: